SIGA O
Correio Braziliense

publicidade

Pronatec conta com mais de 25 mil desempregados em cursos de qualificação

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.

postado em 11/09/2012 17:44

O Programa Nacional de Acesso ao Ensino Técnico e Emprego (Pronatec) oferece atualmente cursos de qualificação profissional para 25,2 mil trabalhadores desempregados, segundo levantamento do Ministério do Trabalho e Emprego (MTE). O governo estima que, até o final de 2012, 120 mil pessoas sem emprego deverão ser beneficiadas.

Os desempregados são atendidos pelo Pronatec na modalidade Bolsa-Formação Seguro-Desemprego, que conta também com 50 mil pré-matriculados. Ainda fazem parte do Pronatec, o Bolsa-Formação Estudante e o Bolsa-Formação Trabalhador, dos quais participam pessoas empregadas.

O estado em que houve maior quantidade de desempregados interessados foi o Rio de Janeiro, com 7,5 mil matriculados, seguido por São Paulo (7 mil) e Mato Grosso (6,4 mil). Roraima, por outro lado, contabilizou 15 inscritos. Outros estados com poucas matrículas foram o Amapá (23) e o Maranhão (30).

O objetivo do Bolsa-Formação Seguro-Desemprego é associar o recebimento do benefício à demanda por mão de obra, por meio da qualificação profissional. Para ter acesso ao seguro-desemprego, pode haver a exigência de comprovante de matrícula e de frequência do trabalhador em curso de formação ou de qualificação com carga mínima de 160 horas.

Os trabalhadores que recorrerem ao seguro-desemprego pela terceira vez poderão ser encaminhados  diretamente pelo MTE a cursos de formação, de acordo com a escolaridade e o perfil profissional.

“O Pronatec Seguro-Desemprego vem realizando um forte trabalho de melhoria da qualificação profissional dos beneficiários, melhorando substancialmente suas chances de retornar ao mercado de trabalho em um menor espaço de tempo”, disse, em nota, o diretor do Departamento de Empregos e Salário do MTE, Rodolfo Torelly.

O dirigente estima que o programa encerre 2012 com mais 120 mil segurados em sala de aula. “Para 2013, este número deverá alcançar um patamar recorde, dando cumprimento fiel ao que determina a legislação do Programa”, afirmou.
Tags:

publicidade

publicidade