IFB promove evento com programação diversificada e 1,5 mil vagas em cursos

Arte, cultura, lazer e empreendedorismo fazem parte de oficinas e apresentações da segunda edição do ConectaIF, que terá início na próxima segunda-feira (18) no Centro de Convenções Ulysses Guimarães.

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.

postado em 14/09/2017 19:59 / atualizado em 14/09/2017 20:44

O Instituto Federal de Brasília (IFB), em parceria com o Governo do Distrito Federal, promove a segunda edição do ConectaIF 2017, que vai ocorrer entre 18 e 23 de setembro, no Centro de Convenções Ulysses Guimarães. A proposta visa integrar estudantes, profissionais, instituições de ensino, empresários e a comunidade geral. Os interessados devem se cadastrar gratuitamente no site do ConectalF (conectaif.ifb.edu.br), na área Qualific Express, em que encontrará as oficinas de interesse para fazer as inscrições. As vagas são limitadas aos primeiros registrados — os demais ficam em lista de espera.


São mais de 1.500 vagas em cursos. Há cerca de 250 atividades, às quais algumas requerem inscrição, que incluem palestras, rodas de conversas, arte, cultura, desafios, competições, feiras, exposições, resultados de pesquisas, dentre outras. O evento oferece variedade em temas que vão desde o cotidiano profissional e sustentabilidade a danças e degustação de cervejas. Para facilitar o deslocamento dos participantes, serão disponibilizados ônibus gratuitos que partirão da Rodoviária do Plano Piloto em direção ao Centro de Convenções. O transporte, que não requer cadastro, sairá a cada meia hora, das 8h às 22h, todos os dias.


Para dar conta do extenso cronograma, o evento vem sendo pensado há quase um ano e até mudou de casa. “Esta edição começou a ser idealizada assim que acabou a do ano passado, em outubro. O sucesso do primeiro ConcetaIF foi tão grande que vimos a necessidade de um espaço maior. Ano passado, reunimos público de 20 mil pessoas dentro do câmpus Samambaia. Este ano, com expectativa para 50 mil durante os seis dias, vamos fazer no Centro de Convenções”, explica a pró-reitora de Pesquisa e Inovação do IFB, Luciana Matsukado.

Qualificação profissional

São mais de 40 cursos rápidos na atividade Qualific Express. Há oficinas como: como montar bancos comunitários para fortalecimento da economia solidária, como proteger e evitar perda de informações em seu smartphone Android, economia solidária e empoderamento da mulher: pintando camisetas, oficina de primeiros socorros para o dia-a-dia, oficina de degustação de cervejas especiais artesanais e comerciais.

 

Confira galeria com imagens do evento do ano passado:

 

 

 

 

 
Para os interessados em tecnologias e ciências, há oferta de cursos rápidos de modelagem e impressão 3D, criação e programação de carros robôs utilizando Arduíno, construção e lançamento de foguetes de propulsão a água, robótica: compreendendo a física envolvida e QuiEstável — um jogo de ensino de ciências.

Há opções ainda para quem gosta de dança, como as oficinas de movimentos expressivos, práticas educativas na cultura visual: processos em videodança e o diálogo entre a dança e a música: experiências coreográficas. No ramo mobiliário há vagas para os cursos de aplicação de pintura hidrográfica básica para móveis e objetos de madeira e de oficina de restauração de mobiliário moderno.

Arte

O evento oferece atividades de entretenimento, que inclui apresentação internacional. Entre as atrações, está a peça da coreógrafa alemã Marianne Vogelsang, que conta com o bailarino solo alemão Nils Freyer, acompanhado do pianista Ulrike Buschendorf, profissionais parceiros da Escola Estatal de Balé de Berlim.

O Festival de Arte e Cultura receberá atrações musicais como Tributo a Los Hemanos, Orquestra de Cavaquinho, The Guapos e Som de Papel. Haverá performances de artes cênicas com os grupos Mão Divina, Street Jazz, Senses Dance, Magos da Ciência, Quilombos da Liberdade e As desempregadas. Espetáculos em libra também fazem parte da agenda cultural, também voltada à inclusão.

Inclusão social

O ConectaIF traz a Brasília profissionais de todo país para tratar de temas como acessibilidade aos surdos, autismo, atendimento às pessoas com necessidades especiais e tradução em libras.

Diversidade sexual no contexto educacional é assunto que terá como explanadores os professores Flávio Brebis e Ana Carolina da Silva Silvério, da Secretaria de Estado de Trabalho e Desenvolvimento Social, Mulheres, Igualdade Racial e Direitos Humanos.  

Caio Abujadi, renomado médico psiquiatra da Associação Brasileira de Neurologia e Psiquiatria Infantil, do ambulatório de neuro-dificuldades de aprendizado da Universidade Estadual de Campinas e pesquisador do ambulatório de Estimulação Magnética Transcraniana da Universidade de São Paulo (USP) encerrará o fórum no sábado (23) com a palestra Inclusão, aprendizado e desenvolvimento.

Confira a programação completa pelo site.

 

 

 

*Estagiário sob a supervisão de Ana Paula Lisboa