SIGA O
Correio Braziliense

publicidade

São Paulo é o município com o maior número de concorrentes às bolsas

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.

postado em 23/01/2013 17:11 / atualizado em 23/01/2013 17:35

Instituições particulares de educação superior da cidade de São Paulo foram as mais procuradas nesta primeira edição de 2013 do Programa Universidade para Todos (ProUni) do Ministério da Educação. Na capital paulista foram registradas 151.451 inscrições. Rio de Janeiro (87.012) e Belo Horizonte (86.777) vêm em seguida como os municípios que cadastraram o maior número de candidatos. Brasília está em sétimo lugar com 53.522 candidatos.

A primeira convocação de pré-selecionado será feita nesta quinta-feira (24/1). O prazo para matrícula na instituição de ensino e apresentação dos documentos relacionados no momento da inscrição vai até o dia 31. Em 8 de fevereiro será feita a segunda chamada de pré-selecionados. O candidato deve providenciar a matrícula e a apresentação dos documentos até o dia 19 do mesmo mês.

No período de inscrições, entre os dias 17 e 21 últimos, o ProUni cadastrou 1.032.873 estudantes de 5.543 municípios brasileiros. Cada candidato teve a possibilidade de fazer duas opções de curso, o que resultou em 2.011.538 inscrições.

Entre as unidades da Federação, São Paulo ficou à frente, com 368.827 inscrições. Depois vieram Minas Gerais, com 261.149, e Rio de Janeiro, com 152.417. Os três estados também têm o maior número de candidatos inscritos. São Paulo registrou 187.489; Minas Gerais, 141.839; Rio de Janeiro, 75.935.

O ProUni, nesta edição, oferece 162.329 bolsas de estudos para 12.159 cursos de 1.078 instituições de todo o país. Criado em 2004 e institucionalizado pela Lei nº 11.096, de 13 de janeiro de 2005, o programa oferece a estudantes brasileiros de baixa renda bolsas de estudos integrais e parciais (50% da mensalidade) em instituições particulares de educação superior que ofereçam cursos de graduação e sequenciais de formação específica. As vagas são destinadas a egressos do ensino médio da rede pública ou da rede particular, estes na condição de bolsistas integrais da própria escola.

Desde a criação, o ProUni atendeu 1.096.359 estudantes — 739.094 com bolsa integral. O programa desenvolve ainda ações conjuntas de incentivo à permanência dos universitários nas instituições, como a Bolsa-Permanência. Para os estudantes com bolsas parciais há ainda o acesso ao Fundo de Financiamento Estudantil (Fies). O bolsista pode recorrer ao fundo para custear os outros 50% da mensalidade, sem a necessidade de apresentação de fiador.

O resultado da primeira chamada estará disponível na página do ProUni na internet nesta quinta-feira (24/1).


Diego Rocha

 

Tags:

publicidade

publicidade