SIGA O
Correio Braziliense

publicidade

Confira dicas de especialistas para se dar bem no vestibular da UnB

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.

postado em 06/06/2013 19:52 / atualizado em 07/06/2013 13:10

O próximo sábado (8/6) será o primeiro dia de provas do 2º vestibular de 2013 da  Universidade de Brasília (UnB). Nos dois dias da seleção, as provas vão começar às 13h, com término às 18h. Cada aluno responderá a 300 questões ao todo e  fará uma redação.

O Eu, Estudante reuniu dicas com professores de escolas e cursos preparatórios para se fazer uma boa prova. O professor Marcelo Freire lembra que a prova da UnB não é apenas intelectual, é também física. “Ao todo, são 10 horas de provas nos dois dias, os alunos tem de estar preparados, precisam descansar para encarar essa jornada”, disse.

Biologia
Segundo  o professor de biologia do Alub Concursos, Ivo Carlos Cruz, alguns assuntos que não caíram no último vestibular devem receber uma atenção maior. “Citologia e bioquímica não estiveram presentes na prova anterior, acredito que possam aparecer”. Sobre citologia, Cruz aposta principalmente em dois assuntos: divisão celular e as organelas com suas funções.

Geografia
O professor de geografia do Pré-Vestibular Exatas, Kléber Silva, aponta que temas envolvendo o meio ambiente podem aparecer na prova. “A questão ambiental é carregada de muita atualidade. Então indico o estudo das questões energéticas e dos combustíveis fósseis. A COP 18 e a Rio +20 também são assuntos que precisam ser revisados, além dos problemas comuns como a chuva ácida e o aquecimento global”.

“Acho importante o estudo do Mercosul, principalmente da Argentina, Venezuela e Paraguai. A situação dos Estados Unidos também é bastante válida. Sobre o Brasil, os dados do último Censo trouxeram informações importantes como o aumento do IDH e o crescimento das mulheres que estão trabalhando”, acrescenta.

História
Para o professor de história do Pré-Vestibular Exatas, Márcio Padilha, é importante dar uma olhada na história recente do Brasil. “Os período como o da República e da Era Vargas são essenciais. Estudar historicamente as relações internacionais também possui grande relevância”, esclarece.

“A questão da ditadura é um assunto que está em bastante evidência, principalmente com a atuação da comissão da verdade. Saber a função desse grupo e o que vai investigar é importante para a prova”, completa.

Matemática
De acordo com o professor Diogo Miranda, do Pré-Vestibular Exatas, alguns assuntos poderão ser facilmente encontrados na prova. “É bom revisar a parte de funções (algébrica e exponencial), geometrica analítica, área nas figuras da geometria plana e volume na geometria espacial”.

“Além de conferir esses assuntos, o aluno agora precisa acreditar em tudo que estudou e colocar em prática os ensinamentos do ano tudo com muita calma”, enfatiza.

Qúmica
O coordenador e professor do Pré-Vestibular Exatas,  Antônio Sanches (Gastão), acredita que serão entre 35 e 45 questões de química. Para ele, aparecerão muitas perguntas que vão misturar química, física e matemática. “Há uma tendência bastante forte em unir essas três disciplinas nas provas”, afirma.

Gastão sugere que os estudantes revisem assuntos como radiotividade, combustíveis fosseis, estado físico da matéria, funções, reações orgânicas e solubilidade.

Física
Para a professora do Colégio Marista, Samara Brito, a prova da UnB não é uma prova de decoreba, é construída para verificar quais foram as habilidades que os estudantes conseguiram desenvolver durante a sua vida escolar. "Não é necessário perder tempo com memorizaçãode fórmulas, o mais importante é compreender os fenômenos que ocorrem na natureza e a explicação  científica para cada um deles”, explicita.

“É difícil adivinhar o que vai cair na prova, mas existem alguns assuntos corriqueiros, por exemplo, conservação de energia, máquinas térmicas e seus ciclos, aplicações tecnológicas”, continua.

Português , Literatura e Redação

Para o professor de português e redação do Alub Concursos, Marcelo Freire, é importante que os alunos fiquem atentos principalmente aos noticiários e jornais. “O momento agora é de descanso, mas essa situação pode ser muito bem conciliada com o noticário, os estudantes têm de saber o que está acontecendo”, afirma.

Freire também alerta para os famosas “cascas de banana” nas interpretações de texo. “A prova da UnB é basicamente interpretativa, o estudante precisa ler com muita atenção cada texto e, na dúvida, não arriscar. Em muitas situações há palavras que geram falso entendimento”, completa.

Ele também explica que ultimamente a prova trouxe bastante surpresas, como um tema de redação mais conectado com a atualidade, no lugar de assuntos com um caráter mais filosófico. “Em literatura, por exemplo, é importante ir além de Machado de Assis, que é um tema comum. Ano passado a prova abordou o Barroco e Gregório de Matos”.
Tags:

publicidade

publicidade