SIGA O
Correio Braziliense

publicidade

Nova reitora da UnB, Márcia Abrahão toma posse nesta quinta-feira (24)

Evento na Universidade de Brasília foi marcado por manifestação de alunos contrários ao racismo

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.

postado em 24/11/2016 18:43 / atualizado em 24/11/2016 19:27

Luís Nova/Esp. CB/Dapress

A nova reitora da Universidade de Brasília (UnB), Márcia Abrahão, tomou posse em cerimônia no Ministério da Educação (MEC) na tarde desta quinta-feira (24) e, às 18h, teve início a cerimônia pública de transmissão do cargo no Anfiteatro 10 da Ala Sul do Instituto Central de Ciências (ICC). O evento foi ocupado por manifestação de estudantes contra o racismo.

 

Luís Nova/Esp. CB/Dapress
 

 

Eles fazem parte de um coletivo denominado Quilombo entraram na posse da nova reitora da Universidade de Brasília (UnB), Márcia Abrahão, reivindicando um espaço de fala na cerimônia. A organização do evento cedeu o espaço e o coletivo – representado por cinco alunos — pediu o fim do racismo e que a UnB se tornasse "um centro de convivência negra". Parte dos estudantes afirmou ter sido agredida por seguranças no local.

 

Luís Nova/Esp. CB/Dapress
 

 

Confira momento em que estudantes reivindicaram momento de fala no evento:

 

A cerimônia está sendo transmitida ao vivo no Facebook da UnB TV.

 

Enrique Huelva é o novo vice-reitor. Com Márcia Abrahão, ele estará à frente da instituição entre 2016 e 2020. A chapa deles foi eleita por 53,34% dos votos. Na última terça-feira (22), a indicação foi ratificada pelo presidente Michel Temer em decreto de nomeação publicado no diário oficial.

 

Confira os perfis da reitora e do vice-reitor

Márcia Abrahão

Luís Nova/Esp. CB/Dapress
Docente da Universidade de Brasília desde 1995, Márcia Abrahão Moura será a primeira mulher a exercer o cargo de reitora efetiva na instituição. Possui graduação (1986), mestrado (1993) e doutorado (1998) em Geologia pela UnB, com período sanduíche na Université d'Orleans e BRGM, na França. É também pós-doutora (2003-2004) pela Queen’s University, no Canadá, na área. Além do ensino na graduação, acumula experiência como pesquisadora do CNPq e membro do Programa de Pós-Graduação em Geologia, um dos únicos na UnB com conceito 6 na avaliação da CAPES.

Natural do Rio de Janeiro (RJ), mudou-se para Brasília em 1980 e sua trajetória está ligada à UnB desde 1982, quando ingressou para o curso de Geologia. Posteriormente, também fez mestrado e doutorado na Instituição e passou a integrar seu quadro docente. 

Desde 2014, é diretora do IG, unidade na qual também exerceu a vice-direção. Foi decana de Ensino de Graduação, de 2008 a 2011, quando coordenou o Programa de Reestruturação Universitária (Reuni), processo de liberação de recursos para expansão acadêmica, de infraestrutura e dos campi da Universidade. 

Entre as principais pautas de seu mandato como reitora estão implementar a flexibilização da jornada de trabalho para os servidores da UnB, o incentivo à capacitação, a ampliação das políticas de acolhimento e permanência, a modernização da infraestrutura e o estímulo à excelência no ensino e aprendizagem.

Enrique Huelva
Helio Montferre/Esp. CB/D.A Press

Linguista, professor e pesquisador, Enrique Huelva é diretor do Instituto de Letras desde fevereiro de 2014, após ter atuado como coordenador dos cursos noturnos de Graduação, chefe do Departamento de Línguas Estrangeiras e Tradução, vice-diretor do Instituto de Letras e coordenador do Núcleo de Recursos e Estudos Hispânicos. É, também, diretor-geral do Instituto Confúcio na UnB.

 

Desde 2002, ministra aulas no curso de graduação em Letras e no Programa de Pós-Graduação em Linguística Aplicada. Possui mestrado em Filologia Germânica, Filologia Hispânica e História e doutorado em Linguística pela Universidade de Bielefeld (Alemanha), onde atuou como professor de Filologia Hispânica entre 1997 e 2002.

 

Com informações da UnB Agência

publicidade

publicidade