Estudante da UnB está desaparecido há 10 dias na Argentina

O último contato que Matheus Amorim Lopes, 20 anos, fez com a família foi por uma rede social. Ele contou que estava em San Luis, a caminho de uma montanha

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.

postado em 20/02/2017 16:18

 
Um estudante de história da Universidade de Brasília (UnB) está desaparecido desde 10 de fevereiro, na Argentina. O último contato que Matheus Amorim Lopes, 20 anos, fez com a família foi pelo aplicativo de mensagens do Facebook. No dia, ele contou que estava em San Luis, na Argentina, a caminho de uma montanha, onde ficaria meditando. Segundo a mãe do jovem, Rovênia Amorim Borges, o filho contou que estava usando a internet de um colega.


A família procurou o Consulado da Argentina nesta segunda-feira (20/2). Segundo a mensagem enviada ao vice-cônsul, a família não tem informações de quem era o colega que o filho se referia, pois ele tinha viajado sozinho. O pai, o funcionário público Luiz Lopes, 44 anos, contou que o rapaz teria alertado que ficaria alguns dias sem contato. “Mas hoje está fazendo 10 dias e já é muito tempo. Estamos preocupados por causa disso. Entramos em contato com o consulado, que ficou de acionar as autoridades locais do país”, explicou.

Matheus iniciou a viagem em 1º de fevereiro. Primeiro, ele foi até Florianópolis (SC), onde ficou por dois dias. Em 3 de fevereiro ele seguiu viagem, de ônibus, para a América do Sul. Passou por Punta Del Este e Colônia do Sacramento, no Uruguai. Depois, chegou a San Luis, na Argentina. Mas os pais não sabem o trajeto que ele fez para chegar até o destino. A ida a San Luis e o passeio de meditação pela montanha foram planejados de última hora, segundo o pai. Essa é a primeira vez que Matheus viaja sozinho.

A família também não tem certeza se o jovem passou por Mendoza nem por Buenos Aires, na Argentina. Segundo os pais, o filho estava com uma mochila e cerca de R$ 2 mil. Matheus estava com identidade e sem passaporte. A ideia do jovem era seguir para o Chile e a família não sabe se há registro da entrada dele no país.
 
 

Leia a carta da família ao consulado: 

"Ao Exmo Sr. Vice-cônsul William Fernandes Matos,

O estudante universitário Matheus Amorim Lopes, 20 anos, está sem dar notícias para a família desde o dia 10 de fevereiro. O último contato foi feito, via Messenger do Facebook, às 15h48. Ele disse estar em San Luis, Argentina, a caminho de uma montanha. Ele acessou a internet utilizando o aparelho de um “colega”. Não temos informação de quem seja, uma vez que viajou sozinho. Matheus frequenta o curso de História, na Universidade de Brasília (UnB). Ele saiu de Brasília no dia 1º de fevereiro, embarcou de avião rumo a Florianópolis. Ficou lá dois dias e dia 3 de fevereiro seguiu viagem, sozinho, de ônibus, para a América do Sul. Passou por Punta Del Este e Colônia do Sacramento, no Uruguai. Não sei que trajeto fez para chegar a
San Luis, na Argentina. Não temos certeza se passou por Mendoza. Não sabemos se passou por Buenos Aires. Viajou com mochila e cerca de R$ 2.000,00. Estava com identidade e sem passaporte. A ideia dele era seguir para o Chile. Não sabemos se há registro dele de entrada nesse país.

A família toda está muito preocupada e pedimos ajuda para quaisquer informações.

Cordialmente,

Rovênia Amorim Borges"