SIGA O
Correio Braziliense

publicidade

Incentivo que gera resultados

Políticas de concessão de bolsas premiam bons alunos e trazem vantagens para as escolas. Conheça os critérios e as instituições que estão com processo seletivo aberto

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.

postado em 27/10/2015 13:44 / atualizado em 27/10/2015 13:46


Renata Heinzelmann ganhou desconto nas mensalidades por meio de bolsa e tornou-se aluna destaque da escola neste ano
 

 

Renata Heinzelmann ganhou desconto nas mensalidades por meio de bolsa e tornou-se aluna destaque da escola neste ano



A concessão de bolsas por entidades filantrópicas a famílias de baixa renda é uma obrigação legal em função da isenção tributária desse tipo de instituição. No entanto, além dos descontos obrigatórios, muitas escolas enxergam na política de bolsas uma oportunidade de incentivar os alunos e atrair novos estudantes.

“Queremos motivar e fidelizar os melhores alunos do colégio e também trazer para cá estudantes que já se destacam na trajetória escolar”, diz José Ribamar de Carvalho, coordenador do ensino médio do Colégio CorJesu. A instituição oferece bolsas nas duas modalidades: segundo perfil socioeconômico e por meio de concurso. “Observando a obrigação legal, o objetivo das bolsas de filantropia é dar a oportunidade a alunos de baixa renda de estudar em uma escola particular”, detalha o coordenador.

Ribamar esclarece que, para permanecer com o desconto nas mensalidades, os alunos beneficiários das bolsas socioeconômicas devem apresentar uma conduta diferenciada no que diz respeito à disciplina e boas notas. Já para os demais bolsistas, não existem critérios para manutenção do desconto, que deve ser renovado anualmente mediante concurso.

Álvaro Domingues, presidente do Sindicato dos Estabelecimentos Particulares de Ensino do Distrito Federal (Sinepe/DF), esclarece que as escolas têm total liberdade de estabelecer o regramento e o acompanhamento para a concessão de bolsas. O sindicato orienta, porém, que haja um edital específico, com critérios bem elaborados e amplamente divulgados, além de transparência no processo.

Para ele, a vantagem que as escolas obtêm ao oferecer programas de bolsas é criar uma liderança dentro do colégio que incentiva um maior aproveitamento da aprendizagem. “Minha experiência em gestão de escolas é que boa parte dos bolsistas com quem convivi mostravam uma maturidade muito grande para sua idade e eram alunos brilhantes, que acabaram retribuindo ao estabelecimento ao se tornarem cidadãos importantes para nossa sociedade”, conta Domingues.

Renata Heinzelmann, 16 anos, comprova a tese. A estudante do 2º ano do ensino médio do CorJesu obteve desconto nas mensalidades a partir do processo de concessão socioeconômico e tornou-se aluna destaque da escola neste ano. “Eu nem sei qual a nota mínima que preciso tirar para manter a bolsa, porque sempre me cobrei para ser uma boa aluna. Estar aqui é um presente, meus pais não conseguiriam pagar integralmente, então, dou valor”, diz Renata. A adolescente acredita que ser bolsista foi um incentivo para que ela amadurecesse e ficasse mais consciente das despesas da família e da necessidade de aproveitar as oportunidades e o conhecimento adquirido na escola.
 
Anote
Diversas escolas da cidade estão com processo de concessão de bolsas aberto para 2016. Confira quais são elas e as regras de cada edital:

Colégio JK

n A escola oferece bolsas para alunos que desejam cursar do 6º ano do ensino fundamental ao 3º ano do ensino médio em 2016. Para participar da seleção, é preciso estar na faixa etária adequada para a série pretendida ou, no máximo, um ano fora dela. As inscrições para o processo podem ser feitas até 6 de novembro, tanto no site www.colegiojk.com quanto nas secretarias das unidades escolares. As provas cobrarão conteúdos das séries atuais que os alunos estão cursando em 2015, além de atualidades.

CorJesu

n Alunos do 8º e 9º anos do ensino fundamental e das três séries do ensino médio podem concorrer a bolsas de 25%, 50% e 100% no colégio. As inscrições vão até 30 de outubro e a única exigência é que o estudante tenha concluído as séries anteriores à pretendida. A seleção é feita a partir de prova e os conteúdos avaliados são referentes à série cursada em 2015. A inscrição deve ser feita por formulário disponibilizado no site corjesu.org.br e entregue na secretaria da instituição. Bolsas socioeconômicas filantrópicas também são oferecidas. Para participar da seleção, que pode contar com entrevistas e visitas domiciliares, os interessados devem agendar um horário com a assistente social.
La Salle

n Até 30 de novembro, estudantes de todas as séries poderão concorrer a bolsas de estudo integral e de 50% na instituição. As bolsas são destinadas a famílias com renda de até um salário mínimo e meio e até três salários mínimos, respectivamente. Para concorrer, é preciso preencher um formulário na secretaria da escola, passar por entrevista e, eventualmente, visita domiciliar.
 
Leonardo da Vinci

n O colégio oferece descontos nas mensalidades que variam de 15% a 100%. As bolsas são destinadas a alunos da própria escola e de outras instituições, do 9º ano do ensino fundamental e das três séries do ensino médio. Os interessados devem realizar inscrição nas secretarias das unidades até 28 de outubro. As provas para seleção avaliam conteúdos das matérias regulares do currículo brasileiro.

Maristão

n Destinado somente a estudantes da 1º série do ensino médio, o concurso de bolsas do colégio oferece de 10% a 30% de desconto nas mensalidades. As inscrições são feitas pelo site www.colegiosmaristas.com.br e estão abertas até 16 de outubro. Na prova, serão cobrados conteúdos referentes às matérias do ensino fundamental.

Sigma

n Para concorrer a bolsas de 20% a 100% para cursar o ensino médio na escola, os alunos interessados precisam estar na faixa etária adequada para a série pretendida. As inscrições, que vão até 3 de novembro, devem ser feitas por formulário disponibilizado no site www.sigmadf.com.br e entregue em uma das unidades de ensino. A prova de seleção para a 1ª série do ensino médio cobrará conteúdos referentes a todo o ensino fundamental; já as da 2ª e 3ª série, serão referentes ao conhecimento aprendido no primeiro ano do ensino médio.
 

publicidade

publicidade