SIGA O
Correio Braziliense

publicidade

Segundo turno das eleições para reitor da UnB começa amanhã (11)

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.

postado em 10/09/2012 16:53 / atualizado em 11/09/2012 09:32

Ed Alves/CB/D.A Press
O segundo turno da eleição que definirá o novo reitor da Universidade de Brasília (UnB) ocorrerá nesta terça e quarta-feiras (11 e 12/9). Os candidatos são Ivan Camargo, da Faculdade de Tecnologia, e Márcia Abrahão, do Instituto de Geociências. A Comissão Organizadora da Consulta (COC) informou que os locais de votação dos servidores, estudantes e professores são diferentes dos divulgados para o primeiro turno.

Mais uma seção eleitoral foi acrescentada às anteriores e totalizam, agora, 20. A lista para saber onde votar está disponível no site da consulta para a reitoria. A apuração dos votos está marcada para as 9h da próxima quinta-feira (13/9) e ocorrerá no Centro Comunitário da UnB. No dia seguinte (14), o resultado será encaminhado para o Conselho Universitário (Consuni).

O primeiro turno ocorreu em meio à de servidores e ainda houve confusão durante assembleias dos docentes. Com o fim das discussões sobre a paralisação, a expectativa do COC é de que o número de votantes desta etapa seja superior ao apresentado no pleito anterior, principalmente o de estudantes. “O número de professores que votaram no primeiro turno foi expressivo, queremos repetir esse resultado e aumentar o número de servidores e estudantes participantes”, afirma Alessandro Borges, representante da Comissão.

A votação ocorrerá nos câmpus Darcy Ribeiro e Planaltina, entre 9h e 21h. Nos câmpus do Gama e Ceilândia, que não possuem cursos noturnos, a votação vai até as 18h30 nos dois dias.

As urnas estão espalhadas pelos ICC Sul e Norte (Instituto Central de Ciências), FUP (Faculdade de Planaltina), FCE (Faculdade da Ceilândia), FGA (Faculdade do Gama), HUB (Hospital Universitário), FS/FM (Faculdade de Saúde e Medicina), FT (Faculdade de Tecnologia), FE (Faculdade de Educação), IB/IQ (Instituto de Biologia e Química), FEF(Faculdade de Educação Física), FA (Faculdade de Estudos Sociais Aplicados), RU/IDA (Restaurante Universitário e Instituto de Artes). BCE/FCI (Biblioteca Central e Faculdade de Ciências da Informação), DCE (Diretório Central dos Estudantes) e PAT/FACE (Pavilhão Anísio Teixeira e Faculdade de Economia).

Propostas
Ivan Camargo, da chapa “UnB somos nós”, acredita que é necessário mudar a gestão atual da universidade, tornando-a mais unida. “A UnB tem de admitir a diversidade e tratar com respeito quem pensa diferente. O modelo de universidade que eu tenho é de excelência acadêmica e de compromisso com a sociedade.”, pondera.

A candidata Márcia Abrahão, da chapa “O amanhã fazemos juntos”, diz que é preciso conduzir a universidade a patamares de excelência tanto no ensino, pesquisa e extensão, quanto na convivência entre as pessoas. “Precisamos ter uma UnB de excelência nacional e internacional, nos parâmetros de pesquisa, pós-graduação e inovação, que possua um ensino de graduação de excelente nível, e, ao mesmo tempo, seja acolhedora e integre a sua comunidade”, defende ela.

Para quem não conhece as propostas de cada candidato e não participou dos debates, é possível assistir ao programa com os reitoráveis promovido pelo Correio Braziliense e pela TV Brasília, que foi ao ar na madrugada de sexta-feira (7/9).

Cícero/CB/D.A press

 

 

Tags:

publicidade

publicidade