publicidade

Ivan Camargo será o primeiro reitor formado pela UnB a assumir o cargo

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.

postado em 13/09/2012 19:31 / atualizado em 13/09/2012 19:37

Mariana Niederauer

Marcelo Ferreira/CB/D.A Press
O vencedor do segundo turno das eleições para reitor da Universidade de Brasília (UnB), Ivan Camargo, está orgulhoso por ser o primeiro ex-aluno da instituição a ocupar o cargo. Em 1978, ele entrou para o curso de engenheria elétrica e é professor da UnB desde 1989. A escolha da carreira influenciou também os filhos, três deles são estudantes da Faculdade de Tecnologia (FT), onde se formaram filas diante da urna de votação na segunda etapa do pleito.

Entre 2003 e 2005 foi decano de Ensino de Graduação da universidade, quando foi implementado o sistema de cotas para negros, o de matrículas pela internet e de avaliação dos professores. Antes disso, ocupou os cargos coordenador do programa de pós-graduação em engenharia elétrica e de chefe do departamento.

Mestrado e doutorado foram feitos na França e em seu currículo profissional está também o trabalho na Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel). Ivan Camargo também foi presidente da Sociedade Brasileira de Planejamento Energético e membro dos Conselhos Superiores da Fundação de Apoio à Pesquisa do Distrito Federal (FAP-DF), da Federação do Comércio do Estado de São Paulo e da Fundação de Empreendimentos Científicos e Tecnológicos (Finatec).

O professor chorou muito quando percebeu que havia ganhado a disputa. Pouco depois da vitória, ele disse que vai trabalhar para a união das duas chapas. “Vai haver um trabalho de respeito a começar pela união das duas chapas. Estou feliz e orgulhoso por ser o primeiro aluno da UnB a se tornar um provável reitor”, afirmou.

Ivan mantém a cautela ao falar sobre o cargo, pois a decisão da comunidade acadêmica é tomada em uma consulta informal. Sua posse como reitor depende da aprovação da presidente Dilma Rousseff, depois que o Conselho Universitário (Consuni) enviar a lista tríplice com o nome dos três indicados ao Ministério da Educação.
Tags:

publicidade

publicidade