SIGA O
Correio Braziliense

publicidade

Confira a classicação geral das escolas do DF no Enem 2011

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.

postado em 22/11/2012 16:52 / atualizado em 22/11/2012 20:35

O Ministério da Educação (MEC) acaba de divulgar o resultado do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) de 2011 por escola. O colégio Olimpo foi o primeiro colocado do Distrito Federal. Os 42 alunos que participaram alcançaram uma média de 675 pontos. Lá, as mensalidades do 3º ano do ensino médio são de R$ 1.897. O ranking leva em consideração a média geral dos alunos nas provas objetivas.

Este ano, a nota da redação foi excluída do cálculo da média por escola do Enem. O ministro da Educação, Aloizio Mercadante, explicou que isso foi feito para tornar a avaliação mais objetiva. Para Mercadante, mesmo que não exista o mesmo índice para fazer a comparação com os resultados de 2010, houve melhora no desempenho das escolas.

Confira a classificação geral das escolas do DF

Para aparecer na lista, mais de 50% dos alunos matriculados no 3º ano do ensino médio de cada escola precisavam fazer a prova. Também é preciso haver, no mínimo, 10 participantes de cada colégio.

Dos 1.137.813 candidatos que fizeram a prova, 891 mil eram alunos da rede pública e 246.743 da rede privada. No entanto, a média da rede privada foi superior, 589,2, enquanto a da rede pública foi de 474,2. "Temos o desafio de melhorar a qualidade do ensino médio para que essa diferença de desempenho entre setor público e privado diminua", disse o ministro Aloizio Mercadante em coletiva de imprensa na tarde desta quinta.

O ministro ressaltou que os melhores alunos da rede pública tiveram média de 630 npontos, o que mostra que a elite das escolas públicas tem média maior do que as escolas particulares e se sairá bem ao entrar na faculdade pelo sistema de cotas. Para Mercadante, as escolas particulares tiveram resultados melhores porque selecionam os alunos que vão fazer a prova.


Para aparecer na lista, mais de 50% dos alunos matriculados no 3º ano do ensino médio de cada escola precisavam fazer a prova. Também é preciso haver, no mínimo, 10 participantes de cada colégio.

O ministro garantiu que haverá um trabalho intenso para desenvolvimento do ensino médio, com ênfase no estímulo de educação integral. "O desafio educacional nesse momento é o ensino médio", conclui Mercadante
Tags:

publicidade

publicidade