SIGA O
Correio Braziliense

publicidade

Estudantes às vésperas do PAS

Primeira e segunda etapas do programa seriado da UnB acontecem no próximo fim de semana; alunos do terceiro ano fazem provas no dia 16

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.

postado em 26/11/2012 17:30

Na reta final para as provas da primeira e segunda etapas do Programa de Avaliação Seriada da Universidade de Brasília (PAS/UnB), que ocorrem no próximo fim de semana (1º e 2/12), o ritmo de estudos não diminui para a maioria dos alunos que sonham em entrar na universidade pública. Para os de escola pública, a greve dos professores deste ano prejudicou o ano letivo, e não houve tempo o suficiente para que todos os conteúdos cobrados pelo programa fossem estudados. Por isso, na última semana antes das provas é preciso revisar os assuntos mais importantes.

Os alunos do primeiro ano do ensino médio fazem os exames sábado, dia 1º de dezembro; os do segundo ano, no domingo, dia 2. Para quem está no último período da escola, a terceira etapa do PAS está marcada para 16 de dezembro. A previsão é de que o Centro de Seleção e de Promoção de Eventos (Cespe), que realiza o concurso, divulgue na quarta-feira (28/11), às 18h, a lista com os locais de provas. Os candidatos deverão ficar atentos e conferir as informações no site www.cespe.unb.br/pas.

Thaís Fehr, de 16 anos, é aluna do primeiro ano do Centro de Ensino Médio Setor Oeste, em Brasília, e garante que não perdeu tempo na hora de se preparar para o PAS. A candidata da primeira etapa do programa da UnB manteve uma rotina diária de mais de 12 horas de estudo, mesmo com a greve das escolas públicas. “O conteúdo na escola ficou prejudicado, por isso fiz cursinho preparatório e aulas de inglês e francês. Começo o dia às 5h40, e só descanso depois das 21h”, relata. A estratégia não deve mudar na última semana. “Estou muito nervosa, mas me sinto preparada. Acho que vou me dar bem”, pondera a estudante, que sonha com uma vaga de geologia na UnB

A colega Thalita Valadares, 17 anos, não tem a mesma esperança. Ela diz que teve uma péssima preparação e não conseguiu fazer provas antigas, mas leu todos os livros exigidos para a etapa que ela está inscrita, a primeira. Sem saber o que esperar da prova, Thalita está resignada. “Minha preocupação é só com a redação”, lembra a estudante.

A redação é um momento importante para todos os candidatos. Como ela tem caráter eliminatório, é preciso cuidado na hora de redigi-la. Para isso, o edital recomenda o uso de caneta esferográfica preta, e sugere cuidado com rasuras e descuidos que possam amassar a folha definitiva. A redação vale 10 pontos, e pode cobrar conhecimentos sobre diversos gêneros (resumos, cartas, propagandas, textos informativos e argumentativos) e estruturas textuais (texto descritivo, narrativo, expositivo-argumentativo ou instrucional). Para reduzir o nervosismo, a dica é praticar

A hora é de descansar

A psicoterapeuta familiar Magna Galli explica que sentir ansiedade é normal, mas é preciso controlar o nervosismo. “Os alunos que estão fazendo o exame pela primeira vez e não sabem o que esperar precisam relaxar. Não adianta utilizar os últimos dias acreditando que eles vão resolver uma preparação que tenha sido deficiente”, explica a especialista.

Segundo Magda, é a família que define se esta será para o adolescente uma crise prejudicial ou benéfica. “O adolescente apresenta sintomas, e os pais precisam ficar atentos”, alerta. Alguns alertas são dores de cabeça frequente, cansaço, desânimo, nervosismo excessivo e até depressão. Quando o estudante chega nessa fase, é hora de reavaliar o método de preparação. “Descobrir a causa da ansiedade é importante mesmo que seja às vésperas da realização do exame. É isso que vai ajudar o candidato a ficar mais tranquilo e fazer uma boa prova.”

Para a psicoterapeuta, o método de avaliação seriada do PAS ajuda a reduzir a tensão do vestibular. “Quem consegue manter uma rotina de estudos equilibrada ao longo dos três anos, obtém melhores resultados sem sofrer tanto. A crise inerente à fase é superada sem tanta angústia”, aconselha a psicoterapeuta.

O estudante do segundo ano do Setor Oeste Bruno Rodrigues seguiu à risca a sugestão de Magda. “Fiquei muito perdido no ano passado, por isso, esse ano decidi me organizar desde cedo”, recorda o aluno de 17 anos. Aconselhado pelos professores, Bruno organizou uma apostila paralela ao material que usa na escola, e incluiu todo o conteúdo que previu ser cobrado no PAS, que ele faz no domingo. “A escola também ofereceu simulados que ajudaram muito a me acostumar com o método da prova. Dessa vez me sinto bem mais tranquilo.” Bruno até arrisca uma dica para quem quer se dar bem no dia das provas: “Vou começar pelas questões que eu sei melhor. Depois vou fazendo o que sobrar. Ainda pretendo revisar tudo antes de passar para o gabarito”, completa.

Calendário do PAS:
- 1/12 – Primeira etapa
- 2/12 – Segunda etapa
- 16/12 – Terceira etapa

Duração das provas:
- As provas começam às 13h
- A recomendação é chegar com 1 hora de antecedência
- Com 5 horas de duração, os exames encerram às 18h
- O aluno só pode deixar a sala após 1 hora o início das provas
- O caderno de provas só pode ser levado nos últimos 15 minutos

O que levar:
- Documento original com foto
- Caneta esferográfica preta com carga transparente
- Lanche leve e água
- Agasalho, em caso de fazer frio

O que deixar em casa:
- Bonés e chapéus
- Aparelhos eletrônicos (celulares, MP3, rádio, calculadora, telefone celular)

Como as provas são constituídas
A prova de cada etapa possui duas partes:
- a parte 1, composta pelas avaliações em língua estrangeira (espanhol, inglês ou francês)
- e a parte 2, formada pelas provas de artes cênicas, artes visuais, biologia, filosofia, física, geografia, história, língua portuguesa, literatura, matemática, música, química e sociologia
- As questões são do tipo A (certo ou errado), tipo B (questões de cálculo, onde a resposta varia de 000 a 999), tipo C (questões de múltipla escolha) e tipo D (questões discursivas).

Tags:

publicidade

publicidade