SIGA O
Correio Braziliense

publicidade

Questões tipo D não terão mais caráter eliminatório no vestibular e no PAS

Mudança deve entrar em vigor no próximo no edital do 2º vestibular de 2013, que deve ser divulgado até sexta. Decano também anunciou a oferta do curso de fonoaudiologia em Ceilândia

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.

postado em 02/04/2013 17:45 / atualizado em 02/04/2013 18:53

Mariana Niederauer

As regras para o cálculo das notas dos candidatos ao vestibular da Universidade de Brasília (UnB) devem mudar já no próximo edital, que, de acordo com o Centro de Seleção e de Promoção de Eventos (Cespe), será publicado até o fim desta semana. A principal mudança será na nota atribuída às questões de tipo D.

A partir da próxima seleção, essa menção terá apenas caráter classificatório. Antes, ela também era eliminatória e o candidato que não alcançasse pelo 20% nessa parte da prova não era aprovado no vestibular. As novas normas também devem ser adotadas no próximo edital do Programa de Avaliação Seriada (PAS).

O decano de Ensino de Graduação, Mauro Rabelo, explica que, agora, a exigência volta a ser igual a dos editais que foram publicados antes de 2011. "O principal motivo para a mudança é o contexto atual das cotas sociais, em que 50% das vagas devem ser destinadas a alunos de escolas públicas", destaca. De acordo com o decano, apenas 5% dos 12,5% das vagas que a instituição reservou para esses estudantes foram preenchidas. "O contexto atual é diferente do de 2011", reforça. "A única maneira de cumprir a política de inclusão é a retirada dessa barreira de entrada", completa. Rabelo ressalta ainda que essa alteração afetará mais os cursos de baixa demanda, e não aqueles mais concorridos, como os de medicina e de direito.

Enem

A decisão de implementar as mudanças foi tomada durante reunião do Conselho de Ensino Pesquisa e Extensão da universidade (Cepe), no início do mês de março. O coordenador-geral do Diretório Central dos Estudantes (DCE), Nicolas Powidayko, lembra que a mudança também ajudará a selecionar estudantes de acordo com os critérios da universidade. "O que o conselho entendeu é que era preferível afrouxar os critérios do PAS e do vestibular, porque, assim, a universidade tem maior controle dos estudantes que estão entrando por essas seleções", destaca Nicolas, que é representante discente no conselho.

Ele explica que os critérios usados pelo Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) são diferentes daqueles estabelecidos pela UnB. Hoje, a instituição adota o Enem para preencher as vagas remanescentes do vestibular - as vagas remanescentes do PAS são destinadas ao vestibular. Na última prova, sobraram 675 vagas, que foram destinadas aos participantes do Enem. As questões de tipo D são questões discursivas. No último vestibular foram incluídos quatro itens desse tipo.

Novo curso
O decano Mauro Rabelo também anunciou a criação do curso de fonoaudilogia no câmpus de Ceilândia. A novidade deverá ser incluída no edital do 2º vestibular de 2013, em que serão oferecidas 35 vagas para o curso.
Tags:

publicidade

publicidade