SIGA O
Correio Braziliense

publicidade

Prova do Enem traz questões sobre Steve Jobs e as manifestações

Provas terminaram às 18h30 deste domingo e também trouxeram quadros de Portinari e texto de Clarice Lispector

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.

postado em 27/10/2013 18:15 / atualizado em 27/10/2013 19:00

Chegaram ao fim as provas do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) 2013. Os últimos candidatos deixaram os locais de provas às 18h30 deste domingo (27/10). Na parte de inglês, uma questão abordou a vida do fundador da Apple, Steve Jobs, e ainda trouxe uma tirinha de Calvin e Haroldo, do cartunista Bill Watterson.

A prova trouxe muitas imagens, como quadros de artistas famosos e panfletos, além das histórias em quadrinho. A obra "O Descobrimento do Brasil" do artista Candido Portinari foi um dos destaques e veio junto de um trecho da carta de Pero Vaz de Caminha. A música Até quando, de Gabriel O Pensador, foi usada para tratar das manifestações que ocorrem no país. Também foi incluído na prova um trecho do livro A hora da estrela, de Clarice Lispector.

"Este ano, a prova veio mais difícil no geral, porém, estava melhor elaborada e as questões conseguiram se aproximar bastante do cotidiano", opina a estudante Bárbara Santana, 21, anos, que fez o exame para tentar uma vaga no curso de pedagogia da Universidade de Brasília (UnB).

Confira um trecho da música Até quando, de Gabriel O Pensador:

"Não adianta olhar pro céu
Com muita fé e pouca luta
Levanta aí que você tem muito protesto pra fazer
E muita greve, você pode, você deve, pode crer
Não adianta olhar pro chão
Virar a cara pra não ver
Se liga aí que te botaram numa cruz e só porque Jesus
Sofreu não quer dizer que você tenha que sofrer!
Até quando você vai ficar usando rédea?!
Rindo da própria tragédia
Até quando você vai ficar usando rédea?!
Pobre, rico ou classe média
Até quando você vai levar cascudo mudo?
Muda, muda essa postura
Até quando você vai ficando mudo?
muda que o medo é um modo de fazer censura"


Tags:

publicidade

publicidade