SIGA O
Correio Braziliense

publicidade

Conheça os primeiros colocados da terceira etapa do PAS

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.

postado em 10/01/2014 20:05 / atualizado em 10/01/2014 21:48

Mariana Niederauer

Arquivo pessoal
A estudante de Goiânia, Isadora Santos Bittar, 18 anos, foi a primeira colocada do câmpus Darcy Ribeiro no Programa de Avaliação Seriada da Universidade de Brasília (PAS/UnB). A jovem foi aprovada para o curso de medicina. Surpresa com o bom resultado, ela disse que conferiu a lista de aprovados logo que saiu, mas não sabia que tinha ficado em primeiro lugar. "No 1º ano do ensino médio tive uma aula preparatótira do PAS na escola e resolvi fazer a prova", conta. "A UnB é uma boa instituição, tem bastante recurso para pesquisa, que é uma área em que pretendo atuar também", acrescenta.

Isadora diz que escolheu o curso porque gosta muito da área de ciências e de biologia e diz ter gostado do modelo de avaliação do PAS. "Acho mais justo avaliar nos três anos do que em uma prova só. Se você for mal uma vez tem uma chance de melhorar", explica. No entanto, a estudante aguardo o resultado de outras seleções para fazer a escolha definitiva pela instituição em que vai estudar. Ela se inscreveu para o curso de medicina da Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG) pelo Sistema de Seleção Unificada (Sisu) e fez os vestibulares da Universidade São Paulo (USP) e na Universidade Estadual de São Paulo (Unesp). "Estou esperando todos os resultados para decidir melhor e estou disposta a mudar de cidade para fazer um bom curso."

Rômulo Andrade/Esp./CB/DA Press



O terceiro colocado do câmpus Darcy Ribeiro também foi no curso de medicina. Edison Tostes, 17 anos, foi conferir o resultado no próprio câmpus e levou 12 pessoas da família para conferir se tinha sido aprovado. Aluno do Colégio Militar, ele acredita que as aulas no cursinho também ajudaram a complementar os estudos. "Eu fiz cursinho pré-PAS nos três anos e ajuda bastante, você conhece mais a banca e tem uma noção melhor da prova", sugere. "O PAS é uma oportunidade muito boa, porque você se limita ao conteúdo do ano, o que facilita bastante, e a concorrência é muito menor", afirma. O jovem diz que desde a 8ª série queria medicina, só ficou em dúvida entre esse curso e o de ciência da computação perto da inscrição, mas a possibilidade de ajudar os outros o fez tomar a decisão final.

Arquivo pessoal



Gustavo Mendes, 17 anos, foi o primeiro colocado no câmpus de Planaltina, no curso de gestão ambiental. Aluno do Centro de Desenvolvimento Global (CDG), também de Planaltina, ele conta que se preparou para as provas do PAS refazendo provas dos subprogramas passados, além das aulas da escola. Ele conferiu o resultado pela internet, com os seus pais e o irmão. "Fiquei muito feliz com minha aprovação, e mais feliz ainda quando me ligaram, dizendo que fui o primeiro colocado no câmpus de Planaltina. Foi uma surpresa muito boa." Ele está entusiasmado em ingressar na universidade. "Eu optei por gestão ambiental por gostar dos assuntos que serão tratados. Sou bastante interessado pela área, e recebi muito incentivo, principalmente do meu irmão."

Arquivo pessoal



O primeiro colocado do Gama foi Tiago Simon, 18 anos, que passou para engenharias. "Escolhi o curso principalmente pela perspectiva de crescimento profissional, acho que tem no mercado para a área. O curso que eu quero é engenharia de energia, que é uma coisa fundamental no nosso mundo hoje", diz. Ele mora na octogonal e estuda no Ciman. A tática de estudos foi a ajuda dos colegas. "A gente se reunia quase todos os dias à tarde no colégio", conta. "Acho que tem que ter o mesmo grau de dedicação para as três provas", acrescenta.

Foram 1.878 convocados para preencher 2.110 vagas de 97 cursos de graduação da Universidade, nos quatro câmpus: Darcy Ribeiro, Ceilândia, Gama e Planaltina. Do total de vagas, 556 estão destinadas ao sistema de cotas. Entre os inscritos, 16,95% não compareceram à prova realizada em 1º de dezembro de 2013.

Tags:

publicidade

publicidade