SIGA O
Correio Braziliense

publicidade

Na reta final para o vestibular da UnB, confira dicas de estudo

Provas serão aplicadas em 7 e 8 de junho

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.

postado em 22/05/2014 18:13 / atualizado em 26/05/2014 17:15

Ana Paula Lisboa

Galois/Divulgação
Ainda sem informações sobre o número de concorrentes, estudantes se preparam para enfrentar as provas do vestibular de 2014 da Universidade de Brasília (UnB), que serão aplicadas em 7 e 8 de junho. O Centro de Seleção e de Promoção de Eventos (Cespe) deve divulgar o número de inscritos e a demanda de candidatos por vaga entre 30 de maio e 5 de junho. A consulta aos locais e aos horários de realização das provas será disponibilizada na data provável de 30 de maio.

Euclides Chacon, professor de química do Galois, acredita que a concorrência para esta edição do vestibular vai aumentar. “Só caiu a ficha de que o Enem (Exame Nacional do Ensino Médio) é importante quando a UnB passou a usá-lo como forma de seleção. Os estudantes do DF não foram muito bem no Enem e têm uma chance maior com o vestibular. A concorrência interna deve aumentar”, acredita. Para o educador, o modo de avaliação do Cespe já é usual para os alunos do Distrito Federal. “Desde que entraram no ensino médio, eles estão aprendendo como resolver as provas da UnB, tanto o vestibular, quanto o PAS (Programa de Avaliação Seriada)”.

Aluno da 3ª série do ensino médio, Gabriel Bulhões, 17 anos, estuda por, pelo menos, quatro horas todas as tardes para conquistar uma vaga em medicina na Universidade de Brasília, além de fazer simulados aos fins de semana. Ele não faz cursinho pré-vestibular por considerar que seu rendimento é melhor estudando sozinho. Caso não passe no vestibular, ainda conta com o PAS e o Enem pela frente. “Para não ficar nervoso e ter certeza que eu sei a matéria, vou estudar ainda mais nesta reta final. Eu assisto jornal e tento me manter atualizado porque isso é importante para fazer a redação, que sempre cobra atualidades”, conta. Apesar do pique no preparo, no dia anterior ao vestibular, ele vai relaxar. “É preciso descansar para ficar tranquilo para a prova. Se não, todo o esforço vai ser em vão”.

Sérgio Mariano, 17 anos, terminou o ensino médio em 2013 e vai prestar vestibular para medicina. “Faço cursinho pré-vestibular há quatro meses e, nesses últimos dias, vou reforçar os conteúdos em que ainda não estou muito preparado. Dentre eles, as manifestações culturais, como Bumba meu boi, que são cobradas em artes. É um conteúdo a que não estou acostumado porque não é algo de Brasília. Também não é algo que eu tenha estudado em sala de aula, porque as aulas de artes focavam na preparação para o PAS, que cobra obras específicas”. Para se preparar, Sérgio fez todas os vestibulares da UnB desde 2010. Na última semana antes da prova, ele vai continuar indo às aulas do cursinho, mas não vai estudar mais sozinho para descansar. “Vou jogar bola e fazer as coisas que eu gosto, porque a vida não é só vestibular”.

Conteúdos
A cada dia, a prova terá até cinco horas de duração. No 1º dia (7 de junho), serão cobrados 30 itens de conhecimentos em língua estrangeira (espanhol, francês ou inglês), 120 itens sobre língua portuguesa, literatura, geografia, história e artes (cênicas, visuais e música), filosofia e sociologia, além da redação em língua portuguesa. No 2º dia de prova (8 de junho), serão cobrados 150 itens sobre biologia, física, química e matemática. O conteúdo cobrado para o vestibular é baseado nos parâmetros curriculares do Ministério da Educação (MEC) para o ensino médio. Confira os objetos de avaliação do vestibular.

Galois/Divulgação
Dicas de estudo

Manter a rotina de estudos, resolver provas anteriores e manter-se informado sobre atualidades são as dicas do professor de química do Galois Euclides Chacon. “Além disso, o aluno pode conversar com seus professores para saber quais assuntos fundamentais que ele não pode deixar de estudar em cada disciplina. Fazer simulados e resolver os vestibulares anteriores é importante para identificar o que o aluno precisa estudar mais, para desenvolver autoconhecimento e descobrir o melhor jeito de fazer prova para aquela pessoa”, orienta.

Além de dominar o conteúdo, é preciso ter uma boa dose de preparo psicológico. “Você deve estar emocionalmente equilibrado para não ficar nervoso na hora da prova. Dois ou três dias antes do vestibular, o estudo passa a ser secundário: quem não se preparou durante todo o semestre não vai conseguir fazer milagre e estudar tudo. Então, é o momento de evitar o estresse”, avalia. Segundo o educador, estudar também já é uma preparação emocional. “Quem não se prepara o suficiente pode acabar se sentindo culpado. Quanto mais você estuda, mais autoconfiança você tem”.

Vestibular x Enem
Além da preparação para o vestibular, ficar pronto para o Enem, é o próximo passo para os estudantes. As inscrições para o Enem, terminam nesta quinta-feira (22/5) pelo site. O conteúdo das provas é o mesmo, a diferença está na maneira de encarar e de se preparar para a prova, define o professor Euclides Chacon. Euclides considera o Enem uma prova mais exaustiva. “A prova é mais longa e mais cansativa. Você sai do Enem esgotado. É quase uma maratona”, diz. O fator de correção inibe o aluno a arriscar muito, segundo Euclides, enquanto o Enem o estimula a pensar de outro modo. “Em provas do Cespe, ou um item está certo ou errado, não tem conversa. O Enem dá itens múltipla escolha com cinco opções. Por eliminação, o estudante consegue deduzir muita coisa”, compara. Confira diferenças entre as duas avaliações:

Vestibular da UnB

Enem

Garante vagas apenas para a Universidade de Brasília

Garante vagas para diversas universidades por meio do Sistema de Seleção Unificada (Sisu)

Itens devem ser julgados como certos ou errados

Itens múltipla escolha, com cinco opções

Há fator de correção: uma questão errada anula uma certa

Não há fator de correção

A redação não tem um peso tão grande e aborda atualidades

A redação é uma das partes mais importantes e aborda atualidades

Prova menos cansativa

Prova mais cansativa

Conteúdos são cobrados separadamente

É preciso ser mais atento e conectar uma matéria com outras


Vagas
Para este ano, a Universidade de Brasília alterou a quantidade de vagas reservadas para o Sistema de Cotas para Negros para 5% do total, após reunião do Conselho de Ensino, Pesquisa e Extensão (Cepe). Antes, a reserva era de 20% das vagas. No total, são oferecidas 4.212 vagas, das quais 237 são reservadas ao Sistema de Cotas para Negros; 1.072, ao Sistema de Cotas para escolas públicas; e 2.903, para o Sistema Universal.

Segurança
As inscrições para o vestibular de 2014 da Universidade de Brasília terminaram em 5 de maio, e as provas serão aplicadas em 7 e 8 de junho em Brasília, Brazlândia, Ceilândia, Gama, Sobradinho, Taguatinga, Formosa (GO), Goiânia (GO), Valparaíso (GO) e Uberlândia (MG). Segundo a assessoria do Cespe, a instituição “adota, em todos os eventos que organiza, rigorosas medidas de segurança que contribuem para a excelência dos trabalhos e a lisura das avaliações, desde a etapa de elaboração das provas até a entrega dos resultados”. Confira alguns dos procedimentos de segurança nos dias de prova:
- Proibição de qualquer aparelho eletrônico, acessórios de chapelaria e outros: Será eliminado do processo seletivo o candidato que, no dia de realização das provas, portar: máquinas calculadoras, agendas eletrônicas ou similares, telefones celulares, smartphones, tablets, iPod, gravadores, pendrive, mp3 player ou similar, qualquer receptor ou transmissor de dados e mensagens, bipe, notebook, palmtop, walkman, máquina fotográfica, controle de alarme de carro, relógio de qualquer espécie, qualquer recipiente, tais como garrafa de água e suco, que não seja fabricado em material transparente, óculos escuros, protetor auricular ou qualquer acessório de chapelaria, tais como chapéu, boné, gorro e, ainda, lápis, lapiseira/grafite, marca-texto e/ou borracha.
- Prevenção contra cola eletrônica: Rastreamento na vizinhança dos locais de provas, buscando interceptar ondas eletromagnéticas produzidas por telefones celulares ou rádios na tentativa de contato eletrônico entre candidatos e pessoas externas.
- Revista magnética: Os candidatos que deixam a sala de provas para ir ao banheiro são revistados por detectores de metais na entrada e na saída dos sanitários. A revista pode, ainda, ser realizada a qualquer momento nas salas e nos corredores dos locais de aplicação das provas.
- Desidentificação das provas: Ao término da prova de concursos e seleções, a parte superior da folha de resposta e da folha de texto definitivo, que contém o nome do candidato, é destacada, permanecendo o código de barras e o número de inscrição. A desidentificação é um procedimento que garante que a banca examinadora, ao corrigir a prova de qualquer candidato, não seja capaz de identificar o autor da prova.

Calendário do vestibular 2014 da UnB
24 de abril a 5 de maio - inscrições
22 de maio - data limite para pagamento da inscrição
30 de maio - consulta aos locais de prova
7 e 8 de junho - aplicação das provas
11 de junho - divulgação dos gabaritos oficiais preliminares dos itens dos tipos A, B e C
12 e 13 de junho - prazo para interpor recursos contra os gabaritos oficiais preliminares dos itens dos tipos A, B e C
20 de junho - resultado provisório dos itens do tipo D
21 e 22 de junho - prazo para interpor recurso contra o resultado provisório nos itens do tipo D
1º de julho - resultado provisório na prova de redação em língua portuguesa
2 e 3 de julho - candidatos que tiverem a redação corrigida poderão ter acesso à imagem da folha de texto definitivo e aos espelhos de avaliação
2 e 3 de julho - prazo para interpor recurso contra o resultado provisório das provas de redação
14 de julho - divulgação dos gabaritos oficiais definitivos dos itens dos tipos A, B e C
14 de julho - divulgação do resultado da 1ª chamada

Confira mais informações sobre o vesitbular pela página de acompanhamento do Cespe.
Tags:

publicidade

publicidade