SIGA O
Correio Braziliense

publicidade

Médicos de Cuba deverão receber até US$ 300 por trabalho no Brasil

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.

postado em 04/09/2013 16:04

Agência Câmara

Presente na comissão geral que debate o programa Mais Médicos, no Plenário da Câmara, o médico cubano Carlos Rafael Jorge Jimenez disse que os valores destinados diretamente aos médicos cubanos pela Organização Panamericana de Saúde (Opas) devem ficar em torno de US$ 200 a US$ 300 (R$ 477 a R$ 716).

O governo brasileiro deverá pagar à Opas R$ 10 mil por cada mês de trabalho dos médicos cubanos. A organização não divulga oficialmente o valor repassado aos médicos.

De acordo com Carlos Jimenez, o regime atual de trabalho dos médicos em Cuba prevê carga de 60 a 70 horas de trabalho semanais. A remuneração, segundo ele, é de R$ 60 a 70 por mês.

“Meus colegas médicos não vêm aqui por solidariedade, mas para ajudar suas famílias”, afirmou Jimenez, que não faz parte do programa do governo federal.

O líder dos Democratas, Ronaldo Caiado (GO), voltou a afirmar em Plenário que os médicos cubanos vão trabalhar no Brasil em regime de escravidão. “Um médico europeu, americano tem conta bancária, recebe salário, tem trânsito livre e escolhe a sua cidade. Já o cubano não tem sequer uma conta bancária”, disse.
Tags:

publicidade

publicidade