Notícias, Estudante, Brasília, DF, Universidades, Faculdades, Aulas, Simulados, Biografias, Cultura, Pós, Graduação, Pós-Graduação


Eu, Estudante
Estágio

Correio Braziliense
Brasília, sábado, 30 de agosto de 2014

  • (0) Comentários
  • Votação:
  • Compartilhe:

Contratação » Temporada de estágios O início do ano é uma das melhores épocas para conseguir uma vaga. São 3,8 mil oportunidades só no DF

Publicação: 07/01/2013 10:37 Atualização: 07/01/2013 09:42

O estudante de geografia Lucas Gebrim acaba de ser aprovado
O estudante de geografia Lucas Gebrim acaba de ser aprovado
Operíodo de férias terá pelo menos 3,8 mil oportunidades de estágio para os estudantes do Distrito Federal. Nessa época, o número de vagas oferecidas em órgãos públicos e empresas privadas aumenta. Ao mesmo tempo, a concorrência nos processos seletivos cai, porque muitos candidatos aproveitam o tempo longe das salas de aula para viajar. É a hora ideal, portanto, para buscar a colocação profissional.

Muitos candidatos, quando procurados, não estão em casa ou nem comparecem aos processos seletivos. O índice de faltas é superior a 50%. Quem aproveitar essa fase, já pode começar o semestre com vaga garantida no mercado de trabalho, explica o coordenador de Recrutamento e Seleção do Núcleo Brasileiro de Estágios (Nube), Erick Sperduti. Levantamento feito pelo Nube mostra que chegará a 20% o crescimento do número de oportunidades no primeiro trimestre de 2013.

O aumento é consequência da reposição de vagas em razão do vencimento de contratos, além do período de formaturas e da efetivação de estagiários. O Centro de Integração Empresa-Escola (CIEE) estima que serão oferecidas 74 mil vagas, 2,4 mil só no DF. Pelo Instituto Euvaldo Lodi (IEL-DF), o número de oportunidades chega a 600 em janeiro. Nos outros meses, a média é de 400. Nessa integradora, as vagas mais ofertadas em Brasília são para os cursos de administração, comunicação social, informática, direito, ensino médio e engenharia. Empresas públicas são responsáveis por 22% das vagas e as privadas por 73% delas. O restante (5%) corresponde às oportunidades em instituições financeiras. No Instituto Fecomércio (IF-DF), a média de chances por mês é de 200.

Para Erick Sperduti, as companhias estão descobrindo que o estágio é uma ótima possibilidade de treinar futuros talentos.O jovem é uma peça de renovação na empresa, pois alguns funcionários já estão lá há um bom tempo e possuem vícios. Procuramos cabeças que formam um novo tipo de pensamento.

Lucas Gebrim, 19 anos, acaba de ser aprovado em um estágio na Agência Nacional de Águas (ANA). Ele cursa o segundo semestre de geografia na Universidade de Brasília (UnB) e conta que a grande dificuldade no trabalho é se relacionar com os chefes. É difícil ter que interagir com as autoridades, porque você não sabe muito bem como lidar com elas, relata. Para o estudante, o objetivo desse primeiro trabalho é se familiarizar com a rotina profissional e captar as melhores experiências. O estágio oferece o primeiro contato com ambientes corporativos e governamentais, que dão uma impressão mais realista sobre o que é a vida adulta e a participação ativa no processo de produção de conhecimento.

Natália Brasil está em busca da primeira chance na área de arquitetura
Natália Brasil está em busca da primeira chance na área de arquitetura
Comportamento

Apesar de não lidar com a mesma pressão diária dos profissionais mais experientes, os iniciantes precisam se portar bem no ambiente organizacional. Saber trabalhar em grupo, ter atitude proativa e mostrar capacidade de comunicação garante o bom desempenho do aprendiz. %u201CSempre lembramos o estudante que o ambiente corporativo é mais formal do que ele está habituado%u201D, explica Eduardo de Oliveira. Por isso, o especialista recomenda que o iniciante converse sobre a experiência de trabalho com colegas que fazem estágio há mais tempo.

Os principais cuidados devem começar já na fase de seleção. Um currículo bem apresentado pode ser a primeira chance de conseguir ser chamado para a entrevista. O número de experiências de trabalho anteriores não é o que os recrutadores vão priorizar. Intercâmbios, trabalhos voluntários e cursos extracurriculares devem ser incluídos. E se o processo seletivo prevê uma prova escrita, o ideal é ler notícias para estar preparado caso um tema atual seja cobrado.

A estudante de arquitetura e urbanismo Natália Brasil , 19 anos, procura o primeiro estágio na área. Ela pretende aproveitar as chances do início do ano. O maior desafio, para a jovem, será conciliar a rotina de estágio e a de estudos. Na primeira vez em que foi aprovada em uma seleção não pôde assumir por causa da falta de disponibilidade de horário. Agora, ela não quer deixar o momento de contratações passar. Natália acredita que a experiência é essencial para completar o aprendizado.Eu espero aprender como é o dia a dia de um arquiteto e como se faz um projeto de verdade. Na faculdade, o ritmo ainda é muito leve, opina ela.

Saiba mais
Confira as dicas dos especialistas Eduardo de Oliveira e Erick Sperduti para se sair bem no processo seletivo:

Currículo
Concisão: o documento deve ter, no máximo, duas páginas
E-mail: não coloque aquele que usa com amigos, e sim um com nome e sobrenome
Experiência: se já trabalhou anteriormente, coloque descrições resumidas. Inclua trabalhos voluntários, cursos extracurriculares e intercâmbios
Idiomas: o inglês é essencial e a formação em outras línguas é bem-vinda
Revisão: não deixe de revisar o texto para não cometer erros gramaticais

Entrevista
Busque informações sobre a empresa na internet
Mantenha o foco das respostas no que foi perguntado
Falar demais é tão ruim quanto ser monossilábico
Procure ser bem articulado e evite as gírias e a linguagem coloquial

Dinâmica de grupo

Nessa etapa, não serão avaliadas capacidades técnicas, mas, sim, a personalidade
Características como liderança, comprometimento e motivação são importantes
Saber trabalhar em equipe e ouvir os outros participantes conta pontos a favor
É necessário mostrar iniciativa e comprometimento

Onde encontrar

Centro de Integração Empresa-Escola (CIEE)
Telefones: (61) 3701-4880 / 3701-4800 / 3701-4811
Site: www.ciee.org.br

Instituto Fecomércio (IF Estágios)
Telefones: (61) 3962-2008 / 3962-2022 / 3962-2027
Site: www.ifestagio.com.br/ifestagio

Instituto Euvaldo Lodi (IEL-DF)

Telefone: (61) 3329-5050
Site: www.ieldf.org.br
Tags: celular

Esta matéria tem: (0) comentários

Não existem comentários ainda

Comentar

Para comentar essa notícia entre com seu e-mail e senha

Caso você não tenha cadastro,
Clique aqui e faça seu cadastro gratuito.
Esqueci minha senha »

Envie sua história e faça parte da rede de conteúdo dos Diários Associados.
Clique aqui e envie seu vídeo, foto, podcast ou crie seu blog. Manifeste seu mundo.

PUBLICIDADE




Blog
Diários Associados