Chávez faz discurso de mais de 9 horas no parlamento

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.

postado em 14/01/2012 11:24

France Presse

CARACAS - O presidente venezuelano Hugo Chávez pronunciou na sexta-feira um discurso de nove horas e meia durante a apresentação anual de sua gestão ante o parlamento, um dos mais longos de seu governo. O discurso do presidente, transmitido ao vivo, começou às 14H15 e terminou por volta da meia-noite.

A princípio, Chávez prometeu ser breve, assinalando que os longos discursos tiveram sentido "no início da revolução", mas que um "discurso de seis horas é um abuso".

De pé o tempo todo, Chávez perdeu a noção das horas ao defender seu governo e voltou a enfatizar que será o primeiro a reconhecer um eventual triunfo de seus adversários nas eleições de outubro, quando disputará um terceiro mandato.

Chávez também anunciou o fechamento do consulado venezuelano em Miami enquanto se estuda a expulsão de sua titular, Livia Acosta, decidida por Washington depois de ter acusada, num documentário, de envolvimento num suposto complô iraniano.

"O que vamos fazer é o fechamento administrativo do consulado, enquanto estudamos a situação porque é injusta, é imoral, a expulsão da senhora cônsul, que estava cumprindo com sua obrigação, com seu trabalho", assinalou Chávez.

O governo dos Estados Unidos notificou na sexta-feira passada a consulesa venezuelana em Miami, Livia Acosta, que foi declarada persona non grata e recebeu um pedido para deixar o país.

A expulsão de Acosta ocorreu depois de a cadeia hispânica Univisión divulgar um documento que revelava um suposto complô iraniano para realizar ciberataques contra os Estados Unidos, orquestrado no México anos atrás, quando a diplomata estava destacada nesse país.