SIGA O
Correio Braziliense

publicidade

Novo terremoto de 4,8 graus atinge centro da Itália

A intensidade do tremor foi tão grande que voltou a ser sentido em Roma, mas não houve registro de danos

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.

postado em 03/11/2016 08:33

Agência Brasil

Mais um terremoto de 4,8 graus na escala Richter ocorreu na madrugada desta quinta-feira (3/11) no centro da Itália, informou o Instituto Nacional de Geofísica e Vulcanologia (INGV). A informação é da Agência Ansa. O epicentro do tremor, ocorrido às 1h35 (22h35 no horário de Brasília), foi registrado na província de Macerata, entre as comunas de Pieve Torina, Fiordimonte e Pievebovigliana. O ponto fica a cerca de 12 quilômetros (km) de distância das comunas de Visso, Ussita e Camerino, fortemente atingidas pelos dois sismos do dia 26 de outubro.

A intensidade do tremor foi tão grande que voltou a ser sentido em Roma, mas não houve registro de danos. De acordo com o INGV, o hipocentro do terremoto - ponto onde se origina o tremor - foi a apenas 8,4 km de profundidade, o que é considerado muito raso e tende a causar mais danos. No entanto, a Defesa Civil não registrou pedidos de ajuda, até mesmo porque os locais mais vulneráveis aos abalos sísmicos já estão evacuados.

Até o momento, por causa dos tremores dos dias 24 de agosto, 26 de outubro e 30 de outubro, 26 mil pessoas estão sendo assistidas pelo governo italiano, sem poder retornar para suas casas. Nessa quarta-feira (2), o presidente da Itália, Sergio Mattarella, visitou a cidade de Camerino e encontrou-se com as pessoas atingidas pelo sismo. Ele prometeu que o governo reconstruirá a região "como era antes", mesmo que isso "demande tempo", e que "trabalhará até o fim" para ajudar os afetados.

Leia mais notícias em Mundo

publicidade

Comentários Os comentários não representam a opinião do jornal;
a responsabilidade é do autor da mensagem.

publicidade