SIGA O
Correio Braziliense

publicidade

Chefe do Estado-Maior Conjunto dos EUA visita Turquia

Dunford se reunirá em Ancara com Hulusi Akar, declarou o Exército sem dar mais detalhes

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.

postado em 06/11/2016 13:44

O chefe do Estado-Maior Conjunto dos Estados Unidos, o general Joseph Dunford, estava neste domingo (06/11) em visita inesperada na Turquia para se reunir com seu homólogo, informou o Exército turco.

Dunford se reunirá em Ancara com Hulusi Akar, declarou o Exército sem dar mais detalhes. Este anúncio ocorre horas após as forças curdo-árabes lançarem uma operação para combater o grupo Estado Islâmico (EI) na Síria, em Raqa.
As Forças Democráticas Sírias (FDS), à frente da operação, disseram ter acordado com os Estados Unidos que a Turquia permanecerá à margem da batalha.

O presidente turco, Recep Tayyip Erdogan, havia afirmado no dia 27 de outubro que as operações militares realizadas por seu país no norte da Síria se estenderiam até Raqa.

Por sua parte, o secretário de Defesa americano, Ashton Carter, havia prometido no mês passado durante uma visita a Ancara manter uma "estreita coordenação" com a Turquia para "realizar uma derrota duradoura" do grupo Estado Islâmico.

Ancara teme que as Forças Democráticas Sírias - uma aliança anti-extremista dominada pelas forças curdas que compreende combatentes árabes - estejam dominadas pelas milícias curdas das Unidades de Proteção Popular (YPG).

A Turquia considera as YGP como "terroristas" próximas ao Partido dos Trabalhadores do Curdistão (PKK), a organização separatista curda em guerra com o governo turco há três décadas. Portanto, o governo turco não quer ver as FDS combatendo em Raqa e estendendo, assim, a influência curda na região.
 
Por France Presse  

publicidade

Comentários Os comentários não representam a opinião do jornal;
a responsabilidade é do autor da mensagem.

publicidade