SIGA O
Correio Braziliense

publicidade

Wall Street subiu depois de Hillary ganhar força na véspera das eleições

Analistas disseram que a decisão do FBI de não reabrir uma investigação sobre seus controversos e-mails aumentou as chances de Hillary na disputa pela Casa Branca, animando os investidores

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.

postado em 07/11/2016 22:40

Wall Street fechou com alta acentuada nesta segunda-feira (7/11) depois que a candidata democrata Hillary Clinton avançou na véspera das eleições presidenciais dos Estados Unidos.  

Analistas disseram que a decisão do FBI de não reabrir uma investigação sobre seus controversos e-mails aumentou as chances de Hillary na disputa pela Casa Branca, animando os investidores.

O índice industrial Dow Jones subiu 2,08%, a 18.259,60 unidades, o tecnológico Nasdaq avançou 2,37%, a 5.166,17 unidades, e o S&P500, 2,22%, a 2.131,52 unidades.
 
 
O índice Vix, que mede o medo dos investidores e que acumulava nove sessões em alta, recuou nesta segunda-feira.

Os mercados preferem Hillary Clinton por considerá-la mais experiente confiável que o republicano Donald Trump, considerado imprevisível.

"Agora que a incerteza sobre a investigação do FBI foi dissipada, os investidores acreditam que Hillary Clinton ganhará amanhã", disse Jack Ablin, diretor de investidores do BMO Private Bank. 

O mercado de títulos caiu. Às 21H20 GMT (19H20 horário de Brasília), o rendimento dos bônus do Tesouro a 10 anos subia a 1,825% contra 1,778% de sexta-feira, e o dos bônus a 30 anos subiu a 2,599% de 2,563% da sessão anterior.
 
Por France-Presse 

publicidade

Comentários Os comentários não representam a opinião do jornal;
a responsabilidade é do autor da mensagem.

publicidade