SIGA O
Correio Braziliense

publicidade

Em primeiro discurso, Trump pede união para "renovar o sonho americano"

Bilionário também já deixou claro alguns dos principais objetivos do seu governo: tomar conta dos veteranos, dobrar o crescimento econômico, e ter um ótimo relacionamento (com os países que quiserem ter um bom relacionamento com os EUA)

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.

postado em 09/11/2016 06:14 / atualizado em 09/11/2016 06:18

Luisa Ikemoto

Mark Wilson/Getty Images/AFP
 
 
O presidente norte-americano recém-eleito Donald Trump falou em união e reconstruçao durante comemoração na madrugada desta quarta-feira (9/11). Ele abriu o discurso dizendo que recebeu uma ligação da secretária Hillary Clinton, reconhecendo a derrota nas urnas. O empresário parabenizou a democrata e sua família, e disse que os americanos têm uma dívida de gratidão por tudo o que ela fez pelo país.

"Não foi uma campanha, mas sim um grande e incrível movimento, com pessoas que querem um futuro melhor para suas famílias e seu país", foi como Trump resumiu os meses de disputa contra a democrata.
 
Leia mais notícias sobre as Eleições nos EUA 
 
Em uma votação apertada, e uma campanha disputada que dividiu profudamente o país entre republicanos e democratas, Trump pediu de forma graciosa união entre os seus compatriotas, "de todas as religiões e raças", independente de partidos. Ele demonstrou o desejo de trabalhar junto com a oposição para "reconstruir o país, reconstruir a infraestrutura", e "renovar o sonho americano". 

O bilionário já deixou claro alguns dos principais objetivos do seu governo: tomar conta dos veteranos, dobrar o crescimento econômico, e ter um ótimo relacionamento (com os países que quiserem ter um bom relacionamento com os EUA).

publicidade

Comentários Os comentários não representam a opinião do jornal;
a responsabilidade é do autor da mensagem.

publicidade