SIGA O
Correio Braziliense

publicidade

Espanha prende dois marroquinos suspeitos de recrutarem para o EI

Segundo autoridades espanholas, dupla estaria pronta para atos terroristas no país

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.

postado em 19/11/2016 15:39

A polícia espanhola prendeu dois marroquinos suspeitos de fazerem parte de uma rede de propaganda e recrutamento do grupo Estado Islâmico (EI), anunciou neste sábado (19/11) o ministério do Interior.

Os dois homens foram detidos em Madri e Roda de Ter, na Catalunha (nordeste), e o ministério indicou que ambos se juntaram ao grupo voluntariamente, agindo "como células terroristas individuais e descentralizadas, prontos para cometer atos terroristas na Espanha".

Eles eram responsáveis por "atrair e recrutar jovens muçulmanos com o objetivo último de formar um exército de seguidores", acrescentou.




Eles também "faziam propaganda e elogiavam as vitórias militares e sucessos do Daech (sigla em árabe do EI), de forma atrativa para atrair um máximo de apoiadores", explicou o ministério.

Segundo a polícia, os dois detidos se radicalizaram rapidamente, a ponto de "terem se oferecido ao Daech para serem 'mártires', dispondo-se a agir a qualquer hora, em qualquer lugar e em qualquer situação".

Em 2015, a Espanha aprovou uma lei autorizando a detenção de pessoas por uma simples consulta de sites extremistas. Um total de 163 pessoas apresentadas como "jihadistas" foram presas no país desde 2015.

Por Agêncvia France Presse

publicidade

Comentários Os comentários não representam a opinião do jornal;
a responsabilidade é do autor da mensagem.

publicidade