SIGA O
Correio Braziliense

publicidade

Mais de mil migrantes são resgatados no litoral da Líbia

As autoridades italianas anunciaram antes dos resgates que foi registrado um número recorde de chegadas pelo mar neste ano: mais de 171.000 migrantes

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.

postado em 28/11/2016 20:09

Cerca de 1.400 migrantes procedentes da Líbia a bordo de 13 embarcações improvisadas foram resgatados nesta segunda-feira (28/11) no Mediterrâneo, anunciaram os guarda-costas italianos, que coordenam os trabalhos de resgate. 
 
 
"Foi um dia jornada muito difícil, mas, graças ao compromisso das unidades que agiram, todos os migrantes puderam ser resgatados", declarou à AFP um porta-voz dos guarda-costas. 

Os migrantes resgatados estavam a bordo de 11 lanchas pneumáticas e duas barcas pequenas. Foram socorridos em lachas da guarda-costeira italiana, em navios da marinha italiana e irlandesa, em dois navios comerciais e no buque Aquarius, das ONGs SOS Mediterrâneo e Médicos sem Fronteiras (MSF). 

O mar estava calmo embora uma tempestade ameace a região, o que pode complicar a chegada dos migrantes à Itália.

As autoridades italianas anunciaram na segunda-feira, antes dos resgates de hoje, que foi registrado um número recorde de chegadas pelo mar neste ano: mais de 171.000 migrantes, ou seja, 19% a mais do que no ano passado e 4,5% a mais do que em 2014, que foi um ano recorde.

Os recém-chegados são principalmente da Nigéria (35.700), Eritreia (20.000), Guiné (12.300), Costa do Marfim (11.400) e Gâmbia (11.000), assim como de outros países da África subsaariana e de Bangladesh (7.500). 
 
Por France-Presse 

publicidade

Comentários Os comentários não representam a opinião do jornal;
a responsabilidade é do autor da mensagem.

publicidade