Moon Jae-In assume presidência da Coreia do Sul em eleições antecipadas

Em seu discurso, Moon Jae-In declarou sua disposição de visitar Pyongyang, capital da Coreia do Norte

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.

postado em 10/05/2017 00:57

Moon Jae-In foi empossado nesta quarta-feira como o novo presidente da Coreia do Sul, iniciando seu mandato um dia após vencer eleições antecipadas devido ao impeachment de Park Geun-Hye por corrupção.
 

"Juro solenemente diante do povo que vou executar fielmente os deveres presidenciais", declarou Moon aos parlamentares reunidos na Assembleia em Seul. 

Em seu discurso, Moon Jae-In declarou sua disposição de visitar Pyongyang, capital da Coreia do Norte, no momento em que a tensão entre os dois vizinhos está muito elevada. 

"Se for necessário, vou viajar a Washington imediatamente (...). Vou a Pequim, a Tóquio e a Pyongyang se as circunstâncias permitirem", declarou o presidente sobre a crise com os norte-coreanos.

O presidente chinês, Xi Jinping, felicitou Moon Jae-In por sua vitória e prometeu trabalhar junto ao líder sul-coreano para superar as tensões regionais. 

"Com base no entendimento e no respeito mútuo, a China vai consolidar uma confiança política mútua, manejará apropriadamente as divergências, fortalecerá a coordenação e a cooperação e vai promover um desenvolvimento saudável e estável nas relações bilaterais", disse Xi, citado pela agência oficial Nova China. 

Moon Jae-In, um veterano defensor dos direitos humanos, é claramente favorável à aproximação com Pyongyang, o que marca um giro em relação à política de Park.

O novo presidente sul-coreano também defende uma emancipação da tutela dos Estados Unidos. 
Comentários Os comentários não representam a opinião do jornal;
a responsabilidade é do autor da mensagem.