Putin: Não há 'nada concreto' em acusações sobre ingerência russa nos EUA

Segundo um relatório publicado pelas agências de Inteligência americanas, a Rússia tentou favorecer a eleição de Donald Trump

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.

postado em 02/06/2017 12:53

O presidente russo, Vladimir Putin, pediu nesta sexta-feira o fim da polêmica sobre a suposta ingerência de seu país nas eleições americanas de 2016, porque "não há nada concreto" e são apenas "suposições".
 
 
"Não há nada concreto, apenas suposições e conclusões baseadas nessas suposições. Isso é tudo. Quando houver algo concreto, então falaremos", declarou o chefe de Estado em um fórum econômico.

"Esta fofoca sem sentido tem que parar", disse Putin. "É danoso, prejudica as relações internacionais, a economia mundial e a segurança".

Segundo um relatório publicado pelas agências de Inteligência americanas, a Rússia tentou favorecer a eleição de Donald Trump.

O Kremlin sempre negou estas acusações de ingerência nas eleições presidenciais americanas e desmente estar vinculado aos hackers que vazaram as informações durante a campanha.
Tags: eua rússia trump
Comentários Os comentários não representam a opinião do jornal;
a responsabilidade é do autor da mensagem.