Conselho de Segurança da ONU aprova nova missão para a Colômbia

Atualmente, a Missão da ONU na Colômbia monitora e verifica a entrega de armas, o cessar-fogo bilateral e a cessação de confrontos entre o governo da Colômbia e as Farc

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.

postado em 10/07/2017 14:20 / atualizado em 10/07/2017 14:32

O Conselho de Segurança da ONU decidiu nesta segunda-feira (10/7) que a Missão das Nações Unidas na Colômbia terá como sucessora a Missão de Verificação no país. A nova estrutura deve acompanhar a execução dos pontos previstos no Acordo Final entre o governo colombiano e as Forças Armadas Revolucionárias da Colômbia (Farc), que incluem a reinserção política, econômica e social do grupo que durante anos fez oposição militar ao regime. A informação é da ONU News.
 
 
A resolução do Conselho prevê ainda que Missão de Verificação da ONU na Colômbia confirme as garantias de segurança além de estabelecer programas sobre medidas de segurança e proteção para comunidades e organizações em áreas afetadas pelo conflito.

O Conselho quer que o secretário-geral da ONU comece os preparativos para instalar a missão, que inclui recomendar em 45 dias os detalhes sobre o seu tamanho, os aspectos operacionais e o mandato a serem decididos pelo órgão. O mandado inicial da Missão de Verificação é de 12 meses com início em 26 de setembro de 2017, um dia após terminar a atual operação.

Atualmente, a Missão da ONU na Colômbia monitora e verifica a entrega de armas, o cessar-fogo bilateral e a cessação de confrontos entre o governo da Colômbia e as Farc. O Conselho de Segurança pede ainda à operação de paz que antecipe as ações da Missão de Verificação "dentro da sua configuração e capacidade atuais, até o momento do fim do seu mandato em 25 de setembro".
Comentários Os comentários não representam a opinião do jornal;
a responsabilidade é do autor da mensagem.