Motorista de caminhão é indiciado após morte de migrantes no Texas

Nove pessoas foram encontradas mortas dentro do caminhão superaquecido que estava estacionado em um supermercado de San Antonio, perto da fronteira com o México

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.

postado em 24/07/2017 13:52

Um homem de 60 anos da Flórida, motorista do caminhão onde dez migrantes em situação ilegal foram encontrados mortos no domingo em um estacionamento no Texas, foi indiciado nesta segunda-feira (24/7) por ter transportado os estrangeiros em situação irregular.

Nove pessoas foram encontradas mortas dentro do caminhão superaquecido que estava estacionado em um supermercado de San Antonio, perto da fronteira com o México.


A temperatura no veículo pode ter atingido 65ºC. Outras 30 pessoas foram hospitalizadas com desidratação, e uma morreu no hospital durante a noite. James Matthew Bradley Jr. foi indiciado por um procurador federal. Segundo a legislação federal, este crime é passível de prisão perpétua, ou pena de morte.

Os serviços de imigração acreditam que cerca de 100 pessoas estivessem no caminhão. A maioria teria conseguido fugir. Milhares de migrantes, principalmente do México e da América Central, cruzam clandestinamente a fronteira americana a cada ano em busca de melhores oportunidades econômicas, ou para fugir da violência em seus países.
Comentários Os comentários não representam a opinião do jornal;
a responsabilidade é do autor da mensagem.