Policiais indianas combatem a violência contra as mulheres em Jaipur

Unidade recebe treinamento específico para atuar na região onde são constantes os casos de violência e abuso sexual contra as mulheres. A cada ano são registrados ao menos 40 mil casos de estupros na Índia

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.

postado em 26/07/2017 12:29 / atualizado em 26/07/2017 13:01


Uma brigada policial, formada exclusivamente por mulheres, realiza uma patrulha nas ruas de Jaipur, capital e maior cidade do estado do Rajastão, na Índia. As policiais fazem parte de uma unidade de proteção à população em geral, mas com foco principal na segurança das mulheres, num país onde é constante a violência de gênero e abusos sexuais. 

 

Pontos de ônibus, colégios e parques são os lugares mais vigiados pelas policiais, onde mulheres tendem a ficar mais vulneráveis. “Tivemos treinamento durante três meses. Nos ensinaram a pilotar scooters assim como golpes de karatê e defesa pessoal. Nossa própria segurança deve ser prioridade”, explica a policial Saroj Chodhuary.

 

Violência de gênero

 

A cada ano são registrados ao menos 40 mil casos de estupros na Índia, apesar de haver indícios de que esta estimativa seja muito maior. Geralmente, as vítimas preferem não denunciar a agressão sexual por medo de que as pessoas não acreditem nelas ou que sejam julgadas força policial masculina, que é predominante no país.

Leia mais notícias em Mundo

 

Efeito preventivo

 

A policial encarregada pela unidade, Kamal Shekawat, afirma que a equipe está fazendo um trabalho muito bom, e que teve um efeito preventivo. “Nos lugares onde estas equipes patrulharam, os assédios nas ruas pararam completamente”, concluiu. 

 

O plano é criar mais unidades femininas em outras cidades da Índia, como uma tentativa de aumentar o combate à violência contra as mulheres no país.

 

*Com informações da Agência France-Presse

Comentários Os comentários não representam a opinião do jornal;
a responsabilidade é do autor da mensagem.