Opositor russo é libertado após passar mais de quatro anos na prisão

Udaltsov, que dirige a Frente de Esquerda da Rússia, foi um dos líderes da oposição durante as manifestações contra a reeleição de Putin

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.

postado em 08/08/2017 10:29

 Alexander Nemenov  / AFP - 17/4/2012


Moscou, Rússia - O opositor russo de extrema-esquerda Serguei Udaltsov deixou a prisão nesta terça-feira (8/8), depois de cumprir uma pena de quatro anos e meio de prisão por ter organizado "grandes distúrbios" durante as manifestações contra Vladimir Putin em 2011 e 2012.

"Serguei Udaltsov foi liberado há meia hora. Saúda a todos e agradece o apoio", escreveu no Facebook sua esposa Anastasia Udaltsova. A libertação de Udaltsov estava prevista para quarta-feira, mas foi antecipada em um dia.

Leia mais notícias em Mundo

O principal líder da oposição russo, Alexei Navalny, comemorou no Twitter a libertação de Udaltsov. Serguei Udaltsov e Leonid Razvozjaev foram condenados em julho de 2014 pela organização de "grandes distúrbios" em 6 de maio de 2012, véspera da posse de Vladimir Putin para seu terceiro mandato presidencial.

Udaltsov, que dirige a Frente de Esquerda da Rússia, foi um dos líderes da oposição durante as manifestações contra a reeleição de Putin.
Comentários Os comentários não representam a opinião do jornal;
a responsabilidade é do autor da mensagem.