Oposição no parlamento catalão diz que discurso de Puigdemont foi "golpe"

Arrimadas afirmou que a maioria do povo da Catalunha sente que são catalães, espanhóis e europeus e que não vão permitir que líderes regionais "quebrem seus corações"

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.

postado em 10/10/2017 15:57 / atualizado em 10/10/2017 16:13

A líder da oposição no Parlamento da Catalunha, Ines Arrimadas, do partido Ciudadanos, criticou o discurso do presidente regional da região, Carles Puigdemont, e afirmou que sua fala de que "tem direito a declarar a independência catalã" da Espanha é um "golpe de Estado" e não tem apoio na Europa.



Arrimadas afirmou que a maioria do povo da Catalunha sente que são catalães, espanhóis e europeus e que não vão permitir que líderes regionais "quebrem seus corações".
 
Puigdemont afirmou há pouco em discurso no Parlamento que o resultado do plebiscito realizado no dia 1 de outubro sobre a independência dá ao governo regional as bases para se separar da Espanha.

 

Leia mais notícias em Mundo

 

O presidente regional pediu ao Parlamento catalão para suspender os efeitos da declaração de independência e dar tempo para o diálogo. Ao mesmo tempo, pediu ao governo espanhol que aceite uma mediação para resolver o conflito.

 

Comentários Os comentários não representam a opinião do jornal;
a responsabilidade é do autor da mensagem.