Forças iraquianas retomam dois campos de petróleo na região de Kirkuk

Os dois campos foram conquistados em 2014 pelos combatentes curdos (peshmergas), que aproveitaram a desbandada do exército após a ofensiva no Iraque do grupo extremista Estado Islâmico

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.

postado em 17/10/2017 09:09

 AHMAD AL-RUBAYE / AFP
Bagdá, Iraque - As tropas iraquianas assumiram nesta terça-feira (17/10) o controle dos dois maiores campos de petróleo da região de Kirkuk, após a retirada das forças curdas, anunciou a polícia federal. "Unidades da polícia federal tomaram o controle dos  campos de petróleo de Bay Hassan e Havana, ao norte da cidade de Kirkuk", afirma um comunicado.

Na segunda-feira (16/10), funcionários curdos paralisaram as operações de extração dos poços de petróleo Bay Hassan e Havana e abandonaram os postos antes da chegada dos soldados iraquianos, de acordo com governo de Bagdá. Os dois campos foram conquistados em 2014 pelos combatentes curdos (peshmergas), que aproveitaram a desbandada do exército após a ofensiva no Iraque do grupo extremista Estado Islâmico (EI).

Leia mais notícias em Mundo

Bay Hassan e Havana produzem quase 250.000 barris por dia e desde 2014 estavam vinculados ao ministério de Recursos de Mineração da região autônoma do Curdistão, segundo uma fonte do setor petroleiro em Kirkuk. O Curdistão, que vive a pior crise econômica de sua história, vai sofrer os efeitos da perda dos dois campos, que representam 40% de suas exportações de combustível.

A província de Kirkuk, que não é parte do Curdistão iraquiano, é objeto desde 2014 de uma disputa entre o governo central e as autoridades curdas, exacerbada em setembro pelo referendo de independência.
Comentários Os comentários não representam a opinião do jornal;
a responsabilidade é do autor da mensagem.