Ao menos 234 mortos e 400 feridos nos combates recentes na capital do Iêmen

Os primeiros confrontos entre rebeldes explodiram na quarta-feira, quando os huthis tentaram tomar o controle da mesquita Saleh, a maior do Iêmen, situada no centro de Sanaa

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.

postado em 05/12/2017 08:41


Sanaa, Iêmen - Os combates recentes entre rebeldes na capital do Iêmen, Sanaa, deixaram pelo menos 234 mortos e 400 feridos, informou nesta terça-feira o Comitê Internacional da Cruz Vermelha (CICV). 

"Temos agora 400 feridos e 234 mortos", declarou à AFP Sumaya Beltifa, porta-voz do CICV, em referência aos combates entre os rebeldes huthis e seus ex-aliados e novos rivais, os partidários do ex-presidente Ali Abdallah Saleh, que morreu na segunda-feira em confrontos. 

Os primeiros confrontos entre rebeldes explodiram na quarta-feira, quando os huthis tentaram tomar o controle da mesquita Saleh, a maior do Iêmen, situada no centro de Sanaa. 

Os guardas da mesquita, soldados pró-Saleh, enfrentaram os huthis e os combates atingiram bairros distintos da capital. 

A intensidade dos combates diminuiu na segunda-feira, depois que os huthis mataram Saleh em Sanaa. 
Comentários Os comentários não representam a opinião do jornal;
a responsabilidade é do autor da mensagem.