Jordânia: decisão de Trump é violação do direito internacional

O presidente americano reconheceu Jerusalém como a capital de Israel

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.

postado em 06/12/2017 18:07

O governo da Jordânia, que controla os lugares santos muçulmanos em Jerusalém, denunciou como "uma violação do direito internacional" o anúncio do presidente americano Donald Trump de reconhecer a Cidade Santa como capital de Israel.

 

Leia as últimas notícias de Mundo

 

"A decisão do presidente americano de reconhecer Jerusalém como capital de Israel e a transferência da embaixada dos Estados Unidos para esta cidade constituem uma violação das decisões do direito internacional e da Carta das Nações Unidas", avaliou o porta-voz do governo jordano, Mohamed Mumeni, em comunicado.

Comentários Os comentários não representam a opinião do jornal;
a responsabilidade é do autor da mensagem.