Publicidade

Estado de Minas

Vazamento de gás líquido é registrado na selva peruana

O vazamento foi reportado na localidade de Kemariato, do distrito de Megantoni, provocando alerta entre os que se transportavam pelo rio Urubamba do Cuzc


postado em 05/02/2018 19:19

Lima, Peru - Um vazamento de gás líquido foi registrado no fim de semana após o rompimento de um duto na Amazônia peruana, informou nesta segunda-feira (5/2) o ministério do Ambiente do país.

"Supervisiona-se o vazamento de líquidos de gás natural ocorrido no distrito de Megantoni, província de La Convención, departamento [estado] de Cusco", indicou um comunicado do Organismo de Avaliação e Fiscalização Ambiental (OEFA). A OEFA "fará a tomada de amostras na região para determinar ao grau de afetação e verificará a execução do plano de contingência por parte da empresa Transportadora Gás do Peru (TGP)".

A TGP, que opera o gasoduto das jazidas do campo de Camisea (sul), informou em um comunicado que a partir do vazamento foi contido o transporte de líquidos de gás natural da jazida Malvinas, em Cusco, até a usina de fracionamento em Pisco (sul).

O vazamento foi reportado na localidade de Kemariato, do distrito de Megantoni, provocando alerta entre os que se transportavam pelo rio Urubamba do Cuzco. As comunidades nativas matsiguengas exigiram em um comunicado que o governo e a empresa TGP detivessem a atividade extrativista.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade