Comer, dormir e relaxar: saiba como ter uma vida longa e saudável

Ovo, aveia, azeite, por exemplo, são ricos em antioxidantes, e ajudam a retardar o envelhecimento do corpo

O Laboratório Exame inovou na criação de ambientes infantis exclusivos com personagens do Scooby-Doo.

Apresentado por
Laboratório Exame

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.

postado em 12/06/2016 09:05 / atualizado em 13/07/2016 15:45

Sim, o corpo vai envelhecer e não, a ciência ainda não descobriu uma fórmula mágica, uma pílula milagrosa capaz de impedir o envelhecimento humano. As rugas vão aparecer, o cabelo vai ficar branco. Mas isso não quer dizer que você precisa chegar à velhice com menos vitalidade e disposição do que tinha na juventude. Que tal curtir esse momento somando a experiência adquirida ao longo dos anos com uma saúde de fazer inveja? Os dias estressantes, a rotina puxada e a correria são grandes inimigos e talvez o façam pensar que não é tão simples assim. Será?

André Violatti/CB/D.A Press
A começar pela dieta, alguns alimentos são verdadeiras fontes da juventude. Aposte no ovo. Completo, ele tem alto valor biológico, é rico em proteína e vitaminas. "Ficou para trás o conceito de que o ovo é responsável pelo aumento do colesterol. A indicação é consumi-lo diariamente, para algumas pessoas até 10 unidades por dia", explica o nutricionista esportivo Victor Guerra. Rica em fibras, a aveia é outro alimento que não pode faltar no cardápio. Elas ajudam a melhorar o colesterol e impedem o depósito de gordura nas artérias, o que prejudica a circulação sanguínea e também o coração. "Dê preferência ao farelo de aveia", orienta Guerra.

Divulgação Olivas do Sul
Ainda falando do controle do colesterol, o azeite de oliva é outro grande aliado de quem deseja retardar o envelhecimento. Ele produz a chamada gordura boa e deve ser consumido cru. Há anos consideradas vilãs da dieta saudável, na verdade, as gorduras desempenham um papel muito importante no organismo. “Nosso cérebro é feito de uma quantidade grande de gorduras, assim como as membranas de todas as células do corpo, por isso uma dieta que ajuda na prevenção do envelhecimento deve conter gorduras saudáveis de todos os grupos, monoinsaturadas, polinsaturadas e saturadas”, explica a dermatologista e nutróloga Melissa Chaves, que ressalta também a importância do ômega 3. "Essa gordura tem um efeito anti-inflamatório importante, podendo contribuir para a saúde do sistema cardiovascular, além de beneficiar o sistema imunológico e a saúde da pele". E não é só isso. Pesquisas mostram que o Ômega 3 ajuda a diminuir a incidência do Mal de Alzheimer e de Parkinson, protegendo cérebro e coração. Peixes como o salmão, atum, sardinha e, ainda, a chia são ricas fontes de Ômega 3.

Zuleika de Souza/CB/D.A Press
Invista ainda em alimentos com propriedades antioxidantes, que ajudam a neutralizar a ação dos radicais livres, produzidos ao longo no dia pelo corpo. Eles atacam as células saudáveis e levam à morte precoce dessas células, acelerando o processo de envelhecimento. As vitaminas C e E são ricas em antioxidantes. Frutas cítricas como laranja e tangerina, além de morango, kiwi, manga e mamão são boas fontes de vitamina C, assim como os vegetais brócolis, couve-flor, batata-doce e tomate. Já a vitamina E é encontrada nas oleaginosas, como castanha-do- pará, avelã, amêndoas e nozes. Entre os alimentos com alta quantidade de antioxidantes, destaque especial para o limão, com ação anticancerígena e para o abacate, que ajuda a combater o colesterol.

Durma bem e fuja do estresse. A alimentação saudável tem ainda outros dois importantes aliados. O sono de qualidade e uma vida plena, livre do estresse. O médico Marcelo Canto, membro da diretoria da Sociedade Brasileira de Endocrinologia, explica que é durante o sono que o corpo produz em maior quantidade os hormônios de crescimento, diretamente ligados ao processo de envelhecimento. Quando a produção desse hormônio cai, começam a aparecer os sinais da idade como rugas, cabelos brancos, perda da vitalidade, acúmulo de gordura. “É preciso ter cuidado, no entanto, com a prática da reposição do hormônio de crescimento (hGH). Não há um posicionamento oficial da Sociedade Brasileira de Endocrinologia a respeito do uso do hGH como um fator determinante para a recuperação da vitalidade”, pondera o médico. “A indicação é dormir bem, o suficiente para você acordar com a sensação de bem-estar”, completa.

E não é só isso. Apesar da rotina cada vez mais corrida e cansativa, é preciso fugir do estresse. “O estresse aumenta a secreção de alguns hormônios como cortisol e adrenalina. Em excesso, eles podem elevar a frequência cardíaca, a pressão arterial e a glicemia”. Então, qual é o remédio? "Praticar atividades físicas regulares, não levar para a cama os problemas do trabalho, relaxar antes de dormir, ler um livro, assistir um filme. Descubra aquilo que te faz bem", aconselha Canto.

Então, repense o modo como você vem levando sua vida até aqui. Se por um lado não existe a fonte da juventude, por outro, a mudança na rotina não é tão difícil quanto possa parecer. Pesquisas revelam que o corpo leva apenas 21 dias para criar novos hábitos. O envelhecimento é um processo que envolve todo o organismo e não é determinado somente pela carga genética. Na verdade, a velocidade e a maneira como as pessoas envelhecem estão diretamente associados às inúmeras escolhas ao longo da vida. Para entender esse ponto pense nas abelhas. Uma larva de abelha pode se tornar uma abelha rainha ou uma abelha operária, vai depender da dieta consumida no início da vida. Com os seres humanos acontece da mesma forma. O estilo de vida que escolhemos seguir influencia diretamente na forma como vamos envelhecer.
Comentários Os comentários não representam a opinião do jornal;
a responsabilidade é do autor da mensagem.