política
  • (1) Comentários
  • Votação:
  • Compartilhe:

Relatórios secretos revelam que SNI espionou o "aliado" Ulysses

Edson Luiz

Publicação: 09/09/2012 09:43 Atualização:

Ulysses: militares avaliaram que disputa no PMDB atrapalharia Sarney (Cece/CB/DA Press)
Ulysses: militares avaliaram que disputa no PMDB atrapalharia Sarney


Durante o regime militar, a oposição era monitorada pelos serviços de inteligência, especialmente o Serviço Nacional de Informações (SNI). Mas o órgão, que foi extinto em 1993, também espionava os principais líderes políticos no governo de José Sarney, já durante o período da redemocratização. Acervos do Conselho Nacional de Segurança, da Comissão Geral de Investigações (CGI), além do próprio SNI, mostram que um dos alvos foi o então deputado Ulysses Guimarães. Avaliação dos serviços de inteligência da época, feita em 1987, aponta que ele poderia causar crise partidária entre os aliados. Referiam-se ao fato de o parlamentar dirigir, ao mesmo tempo, o PMDB, a Câmara e a Assembleia Nacional Constituinte.

Leia mais notícias em Política

Ulysses era um dos principais aliados de Sarney, que havia sido alçado ao poder com a morte de Tancredo Neves, em 1985. Além disso, o deputado era um dos mais ferrenhos adversários do regime militar e comandava o seu partido. Mas, segundo os serviços de informações da época, ele era considerado pelos seus companheiros de partido como “autoritário”. Um dos fatos narrados em um documento de março de 1987 foi o início das negociações para a indicação do líder do partido na Constituinte. Um dos candidatos era o senador Mário Covas, que contava com a simpatia dos agentes, mas não agradava a Ulysses.

Tags: celular

Esta matéria tem: (1) comentários

Autor: Flavio S.
Finalmente, está quase chegando a hora (que demora) de dizer que deram um fim em Ulysses Guimarães. Política canalha brasileira, até quando seremos governados por esses meliantes em maioria? E o pior, a maioria de nós é que os põe no poder, que vergonha meu D'us, que vergonha! | Denuncie |

Comentar

Para comentar essa notícia entre com seu e-mail e senha

Caso você não tenha cadastro,
Clique aqui e faça seu cadastro gratuito.
Esqueci minha senha »

Envie sua história e faça parte da rede de conteúdo dos Diários Associados.
Clique aqui e envie seu vídeo, foto, podcast ou crie seu blog. Manifeste seu mundo.

PUBLICIDADE



  • Últimas notícias
  • Mais acessadas