política
  • (15) Comentários
  • Votação:
  • Compartilhe:

Dilma entrará no último ano do mandato sem comprar os tão esperados caças Se depender da peça orçamentária em tramitação no Congresso, a compra dos aviões responsáveis pela vigilância do espaço aéreo nacional ficará para o próximo presidente.

Leandro Kleber

Publicação: 08/12/2013 08:00 Atualização:

 (Mario Laporta/AFP - 12/10/12)


A presidente Dilma Rousseff entrará no último ano do mandato sem comprar os tão esperados caças que reforçariam a segurança nacional. O Orçamento de 2014 que tramita no Congresso não traz qualquer programação de recursos para a aquisição dos 36 aviões previstos no programa do Ministério da Defesa. Caso Dilma decida pela compra dos caças nos próximos 12 meses, o desembolso deverá ser feito apenas a partir de 2015 .

A verba estimada para o Ministério da Defesa no próximo ano é questionada pelos militares. Em audiência pública na Comissão de Relações Exteriores e Defesa Nacional do Senado, no começo de novembro, eles afirmaram, em nota técnica, que faltam mais de R$ 13 bilhões para as Três Forças fazerem “o mínimo necessário” no ano que vem. Só para a compra das aeronaves o país deve desembolsar mais de R$ 10 bilhões.

Leia mais notícias de Política

Os finalistas do programa F-X2, seleção feita pela Força Aérea Brasileira (FAB), são os caças F18 Super Hornet, fabricado pela empresa norte-americana Boeing; o Rafale F3, produzido pela francesa Dassault; e o Gripen NG, proposto pela sueca SAAB. De acordo com a proposta orçamentária de 2014, a pasta chefiada por Celso Amorim terá pouco mais de R$ 8,4 bilhões para investimentos. O valor é um pouco maior do que os R$ 8,1 bilhões previstos para 2013, mas está muito aquém das necessidades da área, que ainda sofre com bloqueio de recursos (contingenciamento) imposto pela equipe econômica de Dilma. A Defesa prevê aplicar R$ 87 milhões, por exemplo, com a aquisição de sistemas de artilharia antiaérea.

A matéria completa está disponível aqui, para assinantes. Para assinar, clique aqui.

Esta matéria tem: (15) comentários

Autor: alvailton santos
O Governo acredita piamente que vivemos em um mundo pacífico, assim que um dia mundo o cenário mundial o Brasil não esta em condição de defende o seu território e nem o pré-sal que tanto ser falar, nenhum país pode abrir mão de ser defender o Brasil esta fazendo isto. | Denuncie |

Autor: Marcus Correa
Mesmo comprando esses caças, gastando bilhões em aquisição e outros em manutenção, o Brasil não resistiria em combaes aéreos pela venezuela, por exemplo, ela teria ainda muito mais caças, ou chile, ou egito, turquia, etc... o abismo de dificiencia de caças é muito grande, melhor nao gastar... | Denuncie |

Autor: Anilton Moccio
Não sou da área, eu sou palpiteiro e não especialista, comprar esses aviões para quê? Fora o custo astronômico, vai ter o custo de manutenção, também astronômico, a grande preocupação do governo deveria estar focado no inimigo interno: Corrupção, Impunidade, Educação precária, Miséria a todo vapor. | Denuncie |

Autor: Joel Barros
GERSTOR DA SUPREMA SABEDORIA P/ILUMINAR O BRASIL P/ONU AGREGANDO VRS À NAÇÃO "CORAÇÃO DO MUNDO" PROP. O EQUIL SUSTENTÁVEL C/HARMONIA DE PAZ, AMOR E CARIDADE... Ñ É DESLEIXO! SENÃO, FALTA DE LEGISLADORES COMPETENTES E EFICIENTES - FORA OS OPORTUNISTAS POLITIQUEIROS E ANARQUISTAS-BADERNEIROS!!!... | Denuncie |

Autor: Joel Barros
SOMOS DA PAZ! QUEREMOS É PAZ, AMOR, HARMONIA E EQUILÍBRIO SUSTENTÁVEL! VAMOS C/FÉ E CONFIANÇA EM DEUS P/ SÉCULOS PEDINDO, ROOGANDO E IMPLORANDO PAZ, AMOR E TRANQUILIDADE NO EQUILÍBRIO SUSTENTÁVEL, C/O BOM SENSO ILUMINANDO OS NOSSOS GESTORES E MENTORES ESPIRITUAIS, MAGNETIZADOS P/DEUS - SUP. GESTOR | Denuncie |

Autor: Joel Barros
SOCIALISTAS!? CHEIRA A DEMOCRACIA PLENA! SONHA SE C/IDEALISMO OTIMISTA COERENTE E EFICIENTE ENQT. É TEMPO! TEMOS QUASE TUDO P/ACERTAR - É SÓ EDUCAR E CONSCIENTIZAR - PAGANDO O FMI JÁ FOI O 1º PAÇO AO PASSE MAGNÉTICO; SENÃO ESPIRITUAL P/SUPREMA SABEDORIA PASSANDO P/GESTÃO DIVINA À GESTORES SOCIAIS ... | Denuncie |

Autor: Joel Barros
PARABENS D DILMA! Ñ É DESLEIXOS Ñ - PQ Ñ AGREGAR VALORES ÀS NECESSIDES PRIMÁRIAS? TEMOS Q ORÇAR E PROG. É A FOME! EDUCAÇÃO E SAÚDE PREMENTES! SEGURANÇA INTERNA; SENÃO, A ONU E OS (ESPIÕES) EUA, China e BRIC NOS SEGURAM - NAS MÃOS DE DEUS! ESTAMOS REGULAR - É QUESTÃO DE TEMPO! SE AINDA Ñ SOMOS, | Denuncie |

Autor: Daniel Santos
Então defesa nacional deveria dominar a agenda do Brasil, pois daí vem a verdadeira independência. "Em tempos de paz, prepare-se para a guerra". | Denuncie |

Autor: Daniel Santos
da iniciativa do governo militar que em parceria com a Itália começaram a construção de uma avião militar de interceptação o AMX A1 e daí a tecnologia aprendida foi usada para a construção dos aviões executivos da Embraer que hoje lhe dá o status de 3° Companhia em jatos executivos. | Denuncie |

Autor: Daniel Santos
.. não participamos de uma em nosso território já ha 198 anos. Então prá que gastar com armas de guerra? Esquecem eles que tecnologia militar é dual, exemplo maravilhoso está na Embraer, hoje temos a terceira empresa no ranking mundial em aviões executivos e isso, muitos não sabem, mas é por meritos | Denuncie |

Autor: Daniel Santos
encomendados por um país africano e que desistiu de compra-los, assim pegamos as peças. No Brasil a defesa nacional é jogada as traças, pois esse tema não ocupa a agenda da população, pois se fosse a coisa seria diferente. Os governantes pensam que não precisamos gastar com armas de guerra, já que | Denuncie |

Autor: Daniel Santos
No Brasil é de dá vergonha. Estamos a pleitear na ONU a expansão da chamada Amazônia Azul, mas não temos meios dissuasórios para proteger o território que já temos, os navios de guerra que temos já estão todos sucateados, compramos 4 novos, mas foi uma compra de oportunidade, já que esses foram... | Denuncie |

Autor: Daniel Santos
... tecnologias, já que aqueles previstos na época FHC já estavam defasadas na era Lula, assim foi. Lula adiou o processo passando para Dilma que por sua vez passara´para um próximo governo ou para ela mesma, como Lula fez, mas a diferença é que todo esse adiamento nos torna vulneráveis e dependentes | Denuncie |

Autor: Daniel Santos
...questões de interesse nacional deveriam ser política de estado e não de governos. Fernando Henrique deu o pontapé para comprar os novos caças, Lula veio e priorizou a distribuição de renda mais justa, até ai tudo bem, pois o Brasil ganhou mais uma oportunidade para escolher novos caças e novas... | Denuncie |

Autor: Daniel Santos
Sempre assim, já são mais de 15 anos de espera por novos caças. O Brasil não aviões de caça novos desde 1970, quando foram adquiridos os F-5 que hoje foram modernizados, mas não tem superioridade aérea. O problema do Brasil é que todo governante trata os assuntos de interesse nacional com desleixo... | Denuncie |

Comentar

Para comentar essa notícia entre com seu e-mail e senha

Caso você não tenha cadastro,
Clique aqui e faça seu cadastro gratuito.
Esqueci minha senha »
Termos de uso

Envie sua história e faça parte da rede de conteúdo dos Diários Associados.
Clique aqui e envie seu vídeo, foto, podcast ou crie seu blog. Manifeste seu mundo.