política
  • (2) Comentários
  • Votação:
  • Compartilhe:

Alvo de investigação, substituto de Padilha resolve deixar empresa Substituto de Alexandre Padilha no Ministério da Saúde anunciará hoje que vai deixar a empresa que manteve contratos com prefeituras comandadas pelo PT. Caso é investigado pelo Ministério Público de São Paulo

João Valadares

Julia Chaib - i

Paulo de Tarso Lyra - Correio Braziliense

Publicação: 23/01/2014 06:07 Atualização: 23/01/2014 06:58

 (André Henriques/DGABC - 27/8/13)


Alvo de investigação do Ministério Público de São Paulo por ser sócio majoritário de uma consultoria que manteve contratos com administrações públicas, incluindo gestões petistas, enquanto comandava a Secretaria de Saúde de São Bernardo do Campo, o futuro ministro da Saúde, Arthur Chioro, resolveu deixar a empresa. A decisão ainda não foi formalizada e será comunicada na manhã de hoje durante entrevista coletiva que Chioro concede em São Bernardo do Campo. Ontem, mais uma vez, ele preferiu não comentar o assunto. Alexandre Padilha, que deve deixar a pasta até o fim do mês, também silenciou sobre o caso.

Na edição de terça-feira, o Correio mostrou que, em setembro do ano passado, a promotora Taciana Trevisoli Panagio instaurou inquérito civil público para apurar a denúncia. A Consaúde Consultoria, Auditoria e Planejamento Ltda. prestou serviços, por exemplo, para a Prefeitura de Ubatuba, comandada pelo petista Maurício Morozimato. Também foi firmado contrato com o município de Botucatu, durante a gestão de Antônio Mário de Paula Ferreira (PT).

Leia mais notícias em Política

Na segunda-feira, Chioro teve um encontro reservado com a presidente Dilma Rousseff. O Palácio do Planalto o orientou a pedir esclarecimentos à Comissão de Ética Pública da Presidência da República sobre o caso. A legislação federal é taxativa e não permite o acúmulo das funções por considerar que há conflito de interesses. Hoje, durante entrevista coletiva, Chioro deve argumentar em sua defesa que a consultoria prestou serviços para administrações de vários partidos políticos, incluindo adversários históricos do PT.

A matéria completa está disponível aqui, para assinantes. Para assinar, clique aqui.

Esta matéria tem: (2) comentários

Autor: MURILO TIMO
No ministério vai roubar mais! Fundos de campanha para o PT. | Denuncie |

Autor: Joel Barros
É MELHOR INDICAR OUTRO D. DILMA, P/EVITAR COMENTÁRIOS GRATUÍTOS OU DUVIDOSOS... | Denuncie |

Comentar

Para comentar essa notícia entre com seu e-mail e senha

Caso você não tenha cadastro,
Clique aqui e faça seu cadastro gratuito.
Esqueci minha senha »
Termos de uso

Envie sua história e faça parte da rede de conteúdo dos Diários Associados.
Clique aqui e envie seu vídeo, foto, podcast ou crie seu blog. Manifeste seu mundo.

PUBLICIDADE



  • Últimas notícias
  • Mais acessadas