política
  • (7) Comentários
  • Votação:
  • Compartilhe:

Exército forjou cena para justificar o desaparecimento de Rubens Paiva Coronel reformado afirma foi armado um "cineminha" para despistar a família e os amigos do parlamentar

Publicação: 07/02/2014 08:03 Atualização:

O depoimento de um coronel reformado do Exército à Comissão Estadual da Verdade do Rio de Janeiro muda a versão de mais uma das histórias inconsistentes da ditadura militar: o desaparecimento do engenheiro e ex-deputado Rubens Paiva. Testemunho prestado por Raymundo Ronaldo de Campos ao colegiado, em novembro do ano passado, conta que o Exército armou um “cineminha” para despistar a família e os amigos do parlamentar.

Rubens Paiva teve o mandato de deputado cassado em  1971 (Arquivo Pessoal)
Rubens Paiva teve o mandato de deputado cassado em 1971


Cassado logo após o golpe militar de 1964, em 20 de janeiro de 1971, o ex-deputado foi tirado de casa por homens armados e levado para a carceragem do Destacamento de Operações de Informações do 1º Exército (DOI-I), na Tijuca. De acordo com a versão sustentada pelo Exército por 43 anos, Paiva teria fugido após uma operação de resgate promovida por aliados políticos.

Leia mais notícias em Política

Os militares contaram que, em 22 de janeiro de 1971, um capitão (Raymundo de Campos) e dois sargentos levaram o parlamentar em um fusca para fazer o reconhecimento de uma casa. Ao chegarem no Alto da Boa Vista, no Rio de Janeiro, o veículo teria sido fechado e outros dois carros, com cerca de oito guerrilheiros teriam atacado e incendiado o fusca. Rubens Paiva teria sido resgatado em meio ao tiroteio.

A matéria completa está disponível aqui, para assinantes. Para assinar, clique aqui.

Esta matéria tem: (7) comentários

Autor: Jl Madeira
Faltavam 30 dias para meu nascimento. Em que pese atos criminoso isoladíssimos como esse, prefiro muitas vezes os militares no poder, que essa anarquia vigente sob a batuta de criminosos daquela, que continuam com a mesma índole delitiva, em suposta democracia. | Denuncie |

Autor: Paulo Gomes
Precisam criar uma "Comissão da Verdade", remunerar com o dinheiro do contribuinte esses petistas para comprovar um fato que já está descrito no livro "A Ditadura Escancarada, de Elio Gaspari. Tempo e dinheiro jogados fora para descobrir o que já se sabia. | Denuncie |

Autor: esdras soares
Esse coronel, falou asneiras, deve estar querendo aparecer. Nada interessa, apenas a lei da anistia deve ser obedecida.Quanto a essa desvairada comissão de desocupados, deveria arrumar uma lavagem de roupa.... | Denuncie |

Autor: José Corrêa
Tem gente que parece ainda ter saudade do regime militar. Apesar de toda insegurança, problemas com saúde e educação, ainda prefiro a democracia. | Denuncie |

Autor: Raimunda Santos
Mas alguém pode explicar por que o Exército precisaria forjar alguma coisa? Se eles nessa época mandavam sem se preocupar com a opinião de ninguém. Até hoje se quiser uma Copa do Mundo tranquila joga o exército nas ruas das cidades que vai ter os jogos para vê. O povo que é se livrar dos bandidos. | Denuncie |

Autor: Carlos Visionário
Legal....agora eu quero saber é se eu vou me manter vivo nessa cidade. Ela está propícia a justiceiros.... | Denuncie |

Autor: Wellington Rodrigues
Tenho um tio desaparecido desde 1959, última vez que foi visto, estava pegando um pau-de-arara, para Goianésia/GO, e na plataforma tinha dois soldados do Exército. Sendo consanguíneo direto e ele não deixou herdeiros, tenho eu direito a indenização e a poupuda pensão ?!?!?! | Denuncie |

Comentar

Para comentar essa notícia entre com seu e-mail e senha

Caso você não tenha cadastro,
Clique aqui e faça seu cadastro gratuito.
Esqueci minha senha »
Termos de uso

Envie sua história e faça parte da rede de conteúdo dos Diários Associados.
Clique aqui e envie seu vídeo, foto, podcast ou crie seu blog. Manifeste seu mundo.