política
  • (0) Comentários
  • Votação:
  • Compartilhe:

Nadador Xuxa, Narcisa , Dr. Ray.. veja os famosos que podem se candidatar No Rio, o cantor Neguinho da Beija-Flor é a aposta do PR para puxar votos

Josué Nogueira

Publicação: 19/02/2014 17:41 Atualização: 19/02/2014 17:56

Narcisa chegou a confundir o PSDB com o PSD quando resolveu se filiar para disputar a eleição deste ano (Aureliza Corrêa/Esp. CB/D.A Press)
Narcisa chegou a confundir o PSDB com o PSD quando resolveu se filiar para disputar a eleição deste ano

A fama, seja por qual caminho tenha sido conquistada, costuma ser chamariz para partidos em tempo de eleição.

Depois do “evento” Tiririca então, as celebridades subirão na cotação para ocupar vagas nas chapas de todas as legendas. O palhaço-cantor conseguiu atrair holofotes e alcançou votação gigante, garantido (ou arrastando) a eleilção de outros candidatos da sigla

Em 2010, Tiririca foi o puxador de votos do PR em São Paulo. Conquistou 1.353.820 eleitores. Agora, entretanto, ele está avisado pelos colegas mais experientes sobre as dificuldades da reeleição e tem adotado um discurso mais cuidadoso ao tratar do tema.

“Se for eleito está bom”, diz ele. “Acabou a novidade, será mais difícil”, avalia o deputado que promete voltar com seu personagem. Falta apenas fechar o novo discurso.

No Rio, o cantor Neguinho da Beija-Flor é a aposta do PR para puxar votos. O PCdoB paulista fechou sua trinca de puxadores mesclando um artista, um ex-ministro e um delegado da Polícia Federal:

Netinho de Paula (que conquistou 50.698 votos na eleição para a Câmara paulistana em 2012), Orlando Silva (com decepcionantes 19.739 votos foi para a fila da suplência) e Protógenes Queiroz (94.906 votos em 2010).

Apostas do PSC – O PSC também deposita esforços na mescla entre seus quadros políticos com nomes do meio artístico.

Ratinho Júnior (eleito em 2010 com 358.924 votos e que recebeu 387.483 votos no segundo turno da eleição municipal em Curitiba) é aposta do partido. Juntam-se a eles Dr. Rey (SP) e Irmão Lázaro, ex-Olodum (BA).

Leia mais notícias em Política

Perguntado se tais candidaturas comprometeriam a credibilidade do partido, o líder do partido na Câmara, André Moura (SE), faz a defesa. “Não acho. Não tem nada que denigra a imagem deles. O Doutor Rey é um artista, um cirurgião, um cidadão de credibilidade e postura”, afirma. As infornações são do iG.

Estratégia semelhante será usada pelo PRB, que sofreu com a falta de tempo de TV em 2012 e investirá pesado numa chapa eleitoralmente competitiva.

Sua maior estrela, Celso Russomanno (eleito em 2006 com 573.524 votos), deve abrir mão de quaisquer pretensões para disputas majoritárias para assumir a missão de puxar votos e ajudar seu partido a conquistar vagas e aumentar sua fatia de tempo de TV.

Russomanno quer nova chance em 2016 e sabe que precisa de mais tempo de TV. Além de Russomanno, o partido ainda define candidaturas de apresentadores do Balanço Geral, programa vespertino da TV Record, em diversas praças para ajudar o partido.

O ex-boxeador Acelino Popó Freitas, que recebeu 60.338 votos em 2010 e conseguiu vaga como suplente, deve colaborar no esforço eleitoral do PRB. Kléber Bambam (SP), Ronaldo Ésper (SP) e Sula Miranda (DF) estão no hall do partido.

Aposta em Eduardo Campos - O PSB confia que pode conquistar uma quantidade significativa com Fernando Scherer, o Xuxa, Alexandre Kalil (presidente do Atlético Mineiro), e o ex-embaixador Tilden Santiago, além de Romário (146.859 votos em 2010) e do astronauta Marcos Pontes (SP).

O partido, que vai lançar o governador Eduardo Campos (PE) para o Palácio do Planalto, já tentou atrair o secretário de Segurança do Rio de Janeiro, José Mariano Beltrame, o cantor e compositor Gilberto Gil, o ator Marcos Palmeira e o presidente do Supremo, ministro Joaquim Barbosa.

O PSDB deve apresentar a candidatura da exótica Narcisa Tamborindeguy no Rio de Janeiro (ela chegou a confundir o PSDB com o PSD quando resolveu se filiar para disputar a eleição deste ano).

No Rio, os tucanos filiaram o técnico de vôlei Bernardinho e ainda tentam convencê-lo a concorrer ao governo fluminense. Em Minas, o alvo foi o ex-atleta e hoje técnico Giovane Gávio. Ele deve concorrer à Câmara dos Deputados.

 

Do Blog Josué Nogueira

Esta matéria tem: (0) comentários

Não existem comentários ainda

Comentar

Para comentar essa notícia entre com seu e-mail e senha

Caso você não tenha cadastro,
Clique aqui e faça seu cadastro gratuito.
Esqueci minha senha »
Termos de uso

Envie sua história e faça parte da rede de conteúdo dos Diários Associados.
Clique aqui e envie seu vídeo, foto, podcast ou crie seu blog. Manifeste seu mundo.

PUBLICIDADE



  • Últimas notícias
  • Mais acessadas