política
  • (13) Comentários
  • Votação:
  • Compartilhe:

Polícia prende ex-assessor pivô do escândalo "Anões do Orçamento" José Carlos Alves dos Santos, 71 anos, deve cumprir pena de dez anos e um mês de prisão por corrupção passiva

Jacqueline Saraiva

Publicação: 13/03/2014 11:50 Atualização: 13/03/2014 12:23

Conhecido como o delator do escândalo político “Anões do Orçamento”, o ex-chefe da assessoria de orçamento do Senado Federal, José Carlos Alves dos Santos, 71 anos, foi preso por volta das 8h desta quinta-feira (13/3). A ação ocorreu em cumprimento a um mandado de prisão condenatória expedido pela Vara de Execuções Penais (VEP) de Brasília. Em 2002, José Carlos foi denunciado pelo Ministério Público Federal (MPF) pelo crime de corrupção passiva e sentenciado pela Justiça a dez anos e um mês de reclusão.

Imagem de 1992, durante o julgamento dele, em Planaltina, pela morte da ex-mulher,  Ana Elizabeth Lofrano (Tina Coelho/CB/D.A Press)
Imagem de 1992, durante o julgamento dele, em Planaltina, pela morte da ex-mulher, Ana Elizabeth Lofrano


Dez policiais foram mobilizados para a prisão, que ocorreu na residência dele, no Lago Norte. Sem oferecer resistência, ele foi levado para a carceragem do DPE. Segundo o delegado Sérgio Henrique de Araújo Moraes, da Delegacia de Capturas e Polícia Interestadual (DCPI), o ex-assessor deve cumprir, a princípio, pena em regime fechado. No entanto, por ter mais de 70 anos e problemas de saúde, como o condenado alegou, a defesa pode pedir na Justiça a redução da pena ou cumprimento em regime domiciliar.

Leia mais notícias em Política

Anões no crime

O esquema criminoso, que foi testemunhado há 20 anos pelo Brasil, envolvia políticos que manipulavam emendas parlamentares. O objetivo era desviar dinheiro público por meio de entidades sociais fantasmas ou com a ajuda de empreiteiras. O escândalo foi descoberto depois que José Carlos Alves, então assessor da comissão, foi preso como mandante do assassinato da própria mulher, Ana Elizabeth Lofrano, que havia ameaçado denunciar o esquema. Com a repercussão do caso, ele resolveu delatar o crime, comandado pelo ex-deputado João Alves. Para justificar o alto padrão de vida, este teria dado inclusive a desculpa de ganhar prêmios milionários na loteria, 56 vezes só em 1993.

Foi o primeiro escândalo político em que os parlamentares investigaram os próprios colegas na CPI do Orçamento. Na época houve boatos de que grandes nomes teriam sido retirados da lista de investigados. A culpa recaiu então apenas sobre o “baixo clero”, nome que denomina deputados de menor expressão na Câmara. A denominação de "anões" era uma alusão à coincidência de serem os principais envolvidos homens de baixa estatura física.

João Alves morreu em novembro de 2004, aos 85 anos, vítima de um câncer pulmonar. Ele havia renunciado em março de 1994 para escapar da cassação e da perda de direitos políticos, mas não voltou a se candidatar. Na época, a CPI do Orçamento cassou os mandatos de seis deputados: Ibsen Pinheiro (RS), Carlos Benevides (CE), Fábio Raunheitti (RJ), Feres Nader (suplente, RJ), Raquel Cândido (RO) e José Geraldo Ribeiro (MG).
Tags:

Esta matéria tem: (13) comentários

Autor: José A. S. Neto
Se a justiça tivesse o mesmo empenho que tiveram CONTRA O PT JÁ ESTARÍAMOS, a muito tempo, em melhor situação quanto a corrupção ! PENA QUE TODA VOLÚPIA SÓ É CONTRA O PT E SEUS ALIADOS, QUANTO ESTIVEREM ALIADOS ! ! ! - - - Assim não se faz justiça muito pelo contrário ! ! ! - - - E A-Z-EREDO ? ? ? - | Denuncie |

Autor: vanderley lima
E isso ai FRANCISCO SILVA, concordo com você. Além disso aí tudo, ainda tem pessoas sem escrúpulo, ajudando mensaleiros a pagar multas, o meu já está garantido. nulo neles............. | Denuncie |

Autor: francisco silva
BRASIL,Mostra tau cara quero ver quem paga pra gente ser assim. agora a dupla de peso arruda e Roriz, que pais esse que só vai preso ladrão de galinha contra a classe politica nulo e a solução vamos vote nulo para mudar o BRASIL.... | Denuncie |

Autor: carlos barbosa
ISSO É BRASIL GENTE,TERRA DAS LEIS QUE NÃO SÃO CUMPRIDAS,TERRAS DOS BANDIDOS QUE NÃO SÃO PRESOS E TERRA DOS INOCENTES QUE SÃO MORTOS. | Denuncie |

Autor: Joel Barros
CADÊ ELES!? SENÃO, CADÊ OS RECURSOS PÚBLICOS APROPRIADO INDÉTAMENTE?! PRESOS COISA NENHUMA! DEVERIAM ESTAR HÁ 20 ANOS! E, DEVOLVENDO OS VALORES SURRUPIADOS DOS COFRES PÚBLICOS... ISSO SIM; SERIA A CONDENAÇÃO, MÍNIMA! P/MENOS! SATISFAÇÃO AO PÚBLICO!... | Denuncie |

Autor: Alexandre Andrade
essa pizza vai ter um recheio e tanto!!! | Denuncie |

Autor: Messias Cassemiro cassemiro
Valeu para a Juastiça, tão somente a cassação dos mandatos? Afinal, cadê eles, pois, se tratou de apropriação de rcursos públicos, também! Foram condenados de araque? Devolveram o dinheiro? Qual a a razão de não estarem presos? Que dizem nossos diligentes cidadãos do judiciário? | Denuncie |

Autor: Messias Cassemiro cassemiro
Por acaso, alguém viu esta gente cumprindo pena? Vejam qual o Partido deles! Pô meu, eu me esqueci que só o PT é que merece ter seus correligionários presos. | Denuncie |

Autor: Roger Roger
O Ibsen foi inocentado posteriormente. Na CPI, transformaram 3.000 dólares em 3.000.000,00. Ele leva uma relativamente simples como promotor aposentado. | Denuncie |

Autor: silva miranda
Esse crápula ainda está vivo e em liberdade? lembro-me muito bem dessa história, quanto o assassino está solto? CB deveria verificar se o assassino está preso ou não. | Denuncie |

Autor: danie rodrigues cruz
SE FOSSEM PETISTAS O R JÁ ESTARIA NA CADEIA COM O ARRUDA... | Denuncie |

Autor: danie rodrigues cruz
SERÁ QUE O R PODERÁ SER PRESO A QUALQUER MOMENTO...AGORA A QUADRILHA TEM NOME O A E O R ESTÃO A CAMINHO DAS GRADES...SE QUISER ME CONTRATAR POSSO FAZER A HEMODIÁLISE DELE NA CADEIA. | Denuncie |

Autor: Horst Mohn
Agora por que a prisão só se deu 12 anos após a sentença condenatória? | Denuncie |

Comentar

Para comentar essa notícia entre com seu e-mail e senha

Caso você não tenha cadastro,
Clique aqui e faça seu cadastro gratuito.
Esqueci minha senha »
Termos de uso

Envie sua história e faça parte da rede de conteúdo dos Diários Associados.
Clique aqui e envie seu vídeo, foto, podcast ou crie seu blog. Manifeste seu mundo.

PUBLICIDADE



  • Últimas notícias
  • Mais acessadas