política
  • (2) Comentários
  • Votação:
  • Compartilhe:

Câmara indica nomes para investigar propina a servidores da Petrobras Os parlamentares devem viajar até a Holanda para apurar as denúncias

Agência Brasil

Publicação: 18/03/2014 20:49 Atualização:

Partidos da base aliada e da oposição devem iniciar nesta quarta-feira (19/3) a indicação dos nomes para a comissão externa que vai apurar denúncias de pagamento de propina a funcionários da Petrobras pela empresa holandesa SBM Offshore. Nesta terça-feira (18/3), durante reunião dos líderes das bancadas, foi definido que a comissão terá nove membros – cinco da base aliada, três da oposição e um indicado pela Mesa Diretora da Câmara dos Deputados, que vai coordenar os trabalhos.

"Os partidos devem indicar os membros para que amanhã mesmo nós possamos constituir a comissão e, a partir daí, seus membros possam decidir o seu roteiro de trabalho", disse hoje o presidente da Câmara, Henrique Eduardo Alves (PMDB-RN).

Leia mais notícias em Política

A comissão foi criada na semana passada após o acirramento da crise envolvendo o PMDB na Câmara e o Planalto. Com o apoio do partido, da oposição e de alguns partidos do chamado blocão , os parlamentares aprovaram a criação da comissão que deve investigar denúncia de um ex-funcionário da companhia, publicada nos meios de comunicação, de que a SBM Offshore pagou US$ 250 milhões, entre 2005 e 2011.

De acordo com a denúncia, desse total, US$ 139 milhões foram sido destinados a funcionários da Petrobras. No fim do ano passado, a SBM Offshore, que tem contratos com a companhia brasileira para aluguel de plataformas, admitiu, em nota, a existência de investigação interna para apurar práticas impróprias, cometidas por funcionários.

Os parlamentares devem viajar até a Holanda para apurar as denúncias. O líder do DEM, Mendonça Filho (PE), defende que a comissão inicie os trabalhos visitando órgãos dentro do território brasileiro, como a Controladoria-Geral da União (CGU), o Tribunal de Contas da União (TCU) e a Petrobras. "Até amanhã esperamos indicar os membros que representam os partidos de oposição e que, ainda nesta semana, a comissão seja instalada e defina o ritmo de trabalho a ser realizado daqui por diante", adiantou Mendonça Filho.

O líder do PT na Câmara, Vicentinho (SP), disse que espera que a comissão não vá "apenas passear" no exterior. "O que nós não queremos é que esta seja uma comissão que vá apenas passear. Se não tiver o que investigar, vai ficar mais vergonhoso para a Casa, que fez uma proposta, venceu a proposta e depois não tem o que dizer à sociedade", acrescentou Vicentinho.

Por iniciativa dos senadores tucanos Aloysio Nunes Ferreira (SP) e Paulo Bauer (SC), a Comissão de Relações Exteriores do Senado também aprovou a criação de uma comissão conjunta com a Câmara dos Deputados para investigar denúncia de corrupção na Petrobras. A Polícia Federal também abriu inquérito para apurar o caso.

Esta matéria tem: (2) comentários

Autor: Paulo Costa
Propina, farsa/mentiras, falcatruas, desvios, quadrilha, bando, corrupção ativa, "aparelhamento" por incompetentes, enriquecimento ilícito, peculato, concussão, falta de planejamento, déficit, práticas impróprias, falta de ética, favorecimentos...o q falta mais p/ o vocabulário do Partido das Trevas? | Denuncie |

Autor: Paulo Costa
É mais uma piada? Cinco da base aliada? Q isenção é essa? Q imparcialidade é essa? Já vimos esse filme no STF (ou SPTF)! Se não bastasse tornarem deficitária uma empresa sólida, devido ao seu "aparelhamento" por incompetentes, os PeTralhas também "contaminaram" a mesma com sua corrupção endêmica!!! | Denuncie |

Comentar

Para comentar essa notícia entre com seu e-mail e senha

Caso você não tenha cadastro,
Clique aqui e faça seu cadastro gratuito.
Esqueci minha senha »
Termos de uso

Envie sua história e faça parte da rede de conteúdo dos Diários Associados.
Clique aqui e envie seu vídeo, foto, podcast ou crie seu blog. Manifeste seu mundo.

PUBLICIDADE



  • Últimas notícias
  • Mais acessadas