política
  • (3) Comentários
  • Votação:
  • Compartilhe:

Eduardo Campos participa de missa em Ação de Graças em Pernambuco À tarde, Campos transmite o cargo para o sucessor, o vice João Lyra Neto (PSB)

Filipe Barros - Diário de Pernambuco

Publicação: 04/04/2014 09:52 Atualização:

O pré-candidato à presidência foi à missa acompanhado pela família (João Vitor Pascoal/Esp.DP/D.A Press)
O pré-candidato à presidência foi à missa acompanhado pela família

O governador e presidenciável Eduardo Campos (PSB) participa neste momento ao lado da primeira-dama, Renata Campos, dos filhos e amigos e assessores de uma missa em Ação de Graças, na Igreja de Casa Forte, para marcar sua despedida do governo de Pernambuco. O padre Edwaldo Gomes, amigo da família do governador e pároco da matriz, é o responsável pela cerimônia religiosa. A missa é uma das solenidades de despedida do socialista, após sete anos e três meses de gestão.
  
No início da celebração, Eduardo Campos agradeceu a oportunidade e a confiança dos pernambucanos. Em seguida, disse que, daqui para frente, espera ajudar mais o povo de Pernambuco e do Brasil. O padre Edwaldo Gomes também agradeceu as ações de Eduardo como governador. "Só Deus sabe o que é melhor para ele e para o Brasil. E que Deus dê governança à altura da missão de gerir o estado e o país", afirmou. Em seguida, o padre desejou sorte a João Lyra Neto (PSB), sucessor do governador.

João Lyra acompanha a missa em Casa Forte. Além dele, estão o prefeito do Recife, Geraldo Julio (PSB), Paulo Câmara, pré-candidato do PSB ao governo do estado, todos os secretários e alguns deputados.

Leia mais notícias em Política

 À tarde, Eduardo Campos transmite o cargo para seu sucessor, o vice João Lyra Neto (PSB). A solenidade está marcada para as 17h no Palácio do Campo das Princesas. Antes disso, Lyra será empossado na Assembleia Legislativa. Ontem, o governador assinou a renúncia, que foi entregue à Assembleia pelo secretário da Casa Civil, Tadeu Alencar.

No Diário Oficial desta sexta-feira (4/4), foram publicadas a renúncia de Eduardo e a exoneração dos 22 secretários estaduais. João Lyra já indicou os nomes dos substitutos e daqueles que permancerão na gestão. Eles também serão empossados nesta tarde. Com informações do repórter João Vitor Pascoal, especial para o Diario de Pernambuco

Esta matéria tem: (3) comentários

Autor: Walder Souza
Já está me dando vontade de votar no Eduardo Campos. | Denuncie |

Autor: edson luna
mais não ganha mesmo! | Denuncie |

Autor: José A. S. Neto
Agora eles vão em todas ! Missa, orações, macumbas, etc ! Se brincar, viram padre uma hora, depois ocupam lugar de pastor e até baixam entidades espirituais ! ! ! Alimentação então ! Comem buchada de bode e outras iguarias exóticas ! | Denuncie |

Comentar

Para comentar essa notícia entre com seu e-mail e senha

Caso você não tenha cadastro,
Clique aqui e faça seu cadastro gratuito.
Esqueci minha senha »
Termos de uso

Envie sua história e faça parte da rede de conteúdo dos Diários Associados.
Clique aqui e envie seu vídeo, foto, podcast ou crie seu blog. Manifeste seu mundo.

PUBLICIDADE



  • Últimas notícias
  • Mais acessadas