política
  • (3) Comentários
  • Votação:
  • Compartilhe:

PP confirma apoio à campanha de reeleição de presidente Dilma A candidata do PT também tenta atrair outros partidos, como o PR e o Pros. Nos estados, entretanto, essas legendas resistem em aderir à campanha da petista

Paulo de Tarso Lyra - Correio Braziliense

Publicação: 27/05/2014 09:08 Atualização: 27/05/2014 09:14

Ao acertar em almoço nesta terça-feira (27/5) o apoio do PP à campanha presidencial, a presidente Dilma Rousseff amplia o tempo de televisão a que terá direto nas eleições de outubro em comparação aos principais adversários — Aécio Neves (PSDB) e Eduardo Campos (PSB) —, mas os problemas regionais estão longe de serem contornados. Pelos cálculos do Correio, Dilma teria, hoje, aproximadamente 22 minutos e 12 segundos na propaganda eleitoral partidária, divididos pelos dois blocos diários de inserção a que os candidatos têm direito. Aécio Neves aparece em seguida, com quase 8 minutos, e Eduardo Campos em terceiro, com 4 minutos.

Apesar da aliança nacional com o PT, em vários estados, pepistas e petebistas apoiarão outros presidenciáveis. No caso do PP, as seções gaúcha, mineira e fluminense da legenda estarão com Aécio Neves. No último sábado, o senador tucano estava no pré-lançamento da candidatura da senadora Ana Amélia (PP-RS) ao governo gaúcho. “Eu quero saber se poderei apresentar Aécio na minha propaganda eleitoral”, questiona Ana Amélia. No caso do PTB, os problemas também ocorrem em São Paulo e em Minas Gerais, e a sigla espera resolver todas as pendências na convenção nacional.

Leia mais notícias em Política

A matéria completa está disponível aqui, para assinantes. Para assinar, clique aqui.

Esta matéria tem: (3) comentários

Autor: Ernani oliveira
EU NÃO ACREDITO QUE O PP VAI APOIAR ESSA CORJA!!! SOU FILIADO AO PP E ME DESFILIAREI SE ISSO ACONTECER!!! | Denuncie |

Autor: eloadir david galvao
O Brasil não é o País mais inteligente do mundo.prá mim a urna eletrônica só seria válida se emitisse o voto como qualquer máquina de cartão de crédito,na dúvida:reconta. | Denuncie |

Autor: carlos melquiades
O PP está traindo a nação com esta decisão. | Denuncie |

Comentar

Para comentar essa notícia entre com seu e-mail e senha

Caso você não tenha cadastro,
Clique aqui e faça seu cadastro gratuito.
Esqueci minha senha »
Termos de uso

Envie sua história e faça parte da rede de conteúdo dos Diários Associados.
Clique aqui e envie seu vídeo, foto, podcast ou crie seu blog. Manifeste seu mundo.

PUBLICIDADE



  • Últimas notícias
  • Mais acessadas