política
  • (0) Comentários
  • Votação:
  • Compartilhe:

União Africana intensifica busca por meninas e adolescentes sequestradas Diplomata disse que a Nigéria poderia se espelhar na guerra de 20 anos vivida em seu país contra os rebeldes do Exército da Resistência do Senhor e retomar a ideia de "afastar o Boko Haram da população"

France Presse

Publicação: 06/06/2014 17:59 Atualização:

Nações Unidas - A União Africana (UA) reforçou os esforços feitos para encontrar as mais de 200 meninas e adolescentes nigerianas sequestradas pelo grupo islamita Boko Haram há quase dois meses - informou nesta sexta-feira (6/6) o embaixador de Uganda nas Nações Unidas.

Mull Katende disse que a organização está comprometida "com uma diplomacia discreta, porque não quer que a informação chegue aos sequestradores das meninas". O diplomata ugandense disse que a Nigéria poderia se espelhar na guerra de 20 anos vivida em seu país contra os rebeldes do Exército da Resistência do Senhor e retomar a ideia de "afastar o Boko Haram da população".

Leia mais notícias em Mundo

Quando perguntado sobre as negociações em curso para a libertação das meninas, Katende disse aos jornalistas que "há esforços intensificados e muitos países estão ajudando a Nigéria". "Alguns destes esforços não podem ser divulgados, mas estão ali e esperamos poder resgatar as meninas em breve", explicou.

Washington começou recentemente a monitorar o noroeste da Nigéria com aviões não tripulados e enviou equipes de especialistas - assim como França e Grã-Bretanha - para prestar assistência ao governo de Goodluck Jonathan na busca.

Esta matéria tem: (0) comentários

Não existem comentários ainda

Comentar

Para comentar essa notícia entre com seu e-mail e senha

Caso você não tenha cadastro,
Clique aqui e faça seu cadastro gratuito.
Esqueci minha senha »
Termos de uso

Envie sua história e faça parte da rede de conteúdo dos Diários Associados.
Clique aqui e envie seu vídeo, foto, podcast ou crie seu blog. Manifeste seu mundo.

PUBLICIDADE



  • Últimas notícias
  • Mais acessadas