política
  • (0) Comentários
  • Votação:
  • Compartilhe:

TRAGÉDIA » Pista onde jato de Campos tentou pousar é muito perigosa, diz piloto Comandante relata dificuldade de aproximação com a pista da Base Aérea de Santos e diz que meteorologia contribuiu para o acidente

Marcello Oliveira

Publicação: 13/08/2014 20:59 Atualização:

O Centro de Investigação e Prevenção de Acidentes Aeronáuticos (Cenipa) assumirá as investigações sobre o acidente com o jato Cessna que matou o candidato à Presidência da República, Eduardo Campos, e outras seis pessoas em Santos (SP). Informações iniciais apontam o mau tempo como um dos fatores para a queda da aeronave. O comandante Antônio do Nascimento também não descarta a possibilidade de ter havido um problema técnico com o equipamento ou até mesmo falha humana. "O avião é moderno e muito novo, tem total capacidade para voar sob condições adversas, mas isso não exclui a possibilidade de uma falha técnica e até mesmo uma desorientação espacial da tripulação", explicou o especialista.

Tentativa de pouso

Segundo o aviador, a arremetida é uma manobra comum e segura na aviação e ocorre com certa frequência. "O piloto tem que arremeter exatamente no que chamamos de ponto crítico, que é um ponto imaginário determinado pela localização da cabeceira da pista e do ângulo de descida do avião. Ao chegar nesse ponto, se o piloto não avistar a pista, ele tem que arremeter e dar a volta para efetuar uma nova tentativa de pouso", completou.

Já a desorientação espacial, citada pelo comandante, pode ocorrer também pelo estresse na cabine sofrido pela tripulação ao arremeter. Nesse caso, os pilotos podem perder por completo o senso de orientação, não tendo noção se o avião está subindo ou descendo ou se está virando para a esquerda ou para a direita, por exemplo. "Justamente neste momento que o piloto deverá confiar plenamente nos instrumentos".

Aeroporto considerado perigoso

A Base Aérea de Santos, localizada no município vizinho do Guarujá, tem uma pista curta e recebe apenas aeronaves de pequeno porte. É considerado de operação complicada ."Já pousei lá várias vezes, ele tem um morro antes da cabeceira da pista, no alinhamento para a aproximação. É uma pista muito perigosa e que exige perícia por parte da tripulação".

Por ser um avião com capacidade para mais de seis passageiros, ele tem duas caixas de gravações de dados do voo que já estão com as autoridades que irão investigar o acidente.

Semelhança com acidente dos Mamonas Assassinas

Em 1996, o acidente aéreo que matou todos os integrantes da banda Mamonas Assassinas tambemém chocou o país. Alguns fatos coincidem com o desatre que matou Eduardo Campos. O Learjet fretado pela banda para levá-los de Brasília a Guarulhos se chocou contra a Serra da Cantareira após uma arremetida durante a tentativa de pouso no Aeroporto Internacional de São Paulo, em Guarulhos. Após as investigações, foi constatado que a tripulação se equivocou e executou uma manobra à direita ao invés de virar a esquerda, causando o acidente.
Tags:

Esta matéria tem: (0) comentários

Não existem comentários ainda

Comentar

Para comentar essa notícia entre com seu e-mail e senha

Caso você não tenha cadastro,
Clique aqui e faça seu cadastro gratuito.
Esqueci minha senha »
Termos de uso

Envie sua história e faça parte da rede de conteúdo dos Diários Associados.
Clique aqui e envie seu vídeo, foto, podcast ou crie seu blog. Manifeste seu mundo.



  • Últimas notícias
  • Mais acessadas