MPF pede agenda de Lula e contratos da Odebrecht para investigação

O Instituto Lula deverá fornecer a agenda completa do ex-presidente "essaltando, em cada caso, se houve a apresentação de palestras e quem contratou e remunerou pelo serviço e pelo deslocamento ao exterior"

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.

postado em 20/05/2015 09:43 / atualizado em 20/05/2015 10:06

Eduardo Militão

AFP PHOTO / Nelson ALMEIDA

O Ministério Público Federal determinou uma série de diligências para instruir investigação preliminar para apurar se o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva praticou tráfico internacional de influência para beneficiar a construtora Odebrecht, um dos alvos da Operação Lava-Jato. Segundo despacho da procuradora Mirella de Carvalho Aguiar, o Instituto Lula deverá fornecer a agenda completa do ex-presidente após deixar o Palácio do Planalto, entre 2011 e 2014, “ressaltando, em cada caso, se houve a apresentação de palestras e quem contratou e remunerou pelo serviço e pelo deslocamento ao exterior”. A apuração preliminar foi aberta em abril, a partir de reportagens – algumas revelaram fac-símiles de documentos sigilosos sobre empréstimos do BNDES à Odebrecht no exterior.

A Procuradoria da República no Distrito Federal pedirá à Odebrecht todos os negócios que a maior empreiteira do Brasil fechou com Lula, ainda que por meio de outras empresas. Para cada palestra, a construtora deverá esclarecer “a pertinência do investimento com os objetivos e política da empresa”. Mirella Aguiar pede o valor de cada conferência e a forma de pagamento, além de custos de transporte e acomodações, ou despesas não-relacionadas a palestras. O MPF ainda quer cópias de contratos com Lula ou com Taiguara Rodrigues dos Santos, que já foi apontado como “sobrinho” do ex-presidente. Ela pede ainda à Odebrecht com quais governos estrangeiros a empreiteira tem contratos, e quais tiveram apoio financeiro do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES).

Mirella Aguiar ainda pede ao banco e ao Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio (MDIC) que informe documentos pré-contratuais que efetivaram financiamentos que beneficiaram a empreiteira entre 2011 e 2014. A Procuradoria ainda pede que o Itamaraty forneça todos os telegramas que tratem do ex-presidente, do BNDES, da empreiteira e de países como Cuba, Venezuela, Angola, Panamá e República Dominicana.

Emails do Itamaraty revelados pela revista Época mostram a ação de embaixadora em casos de interesse da empreiteira. “O Itamaraty tem, entre as suas atribuições, a atuação em favor de empresas brasileiras no exterior”, responde o ministério, em nota à revista, endossada pelo Instituto Lula, que condenou a “criminalização da atividade diplomática e do financiamento à exportação de serviços pelo Brasil”. “Que fique bem claro: o ex-presidente faz palestras e não lobby ou consultoria”, respondeu a assessoria do instituto.

A Odebrecht diz manter relação “institucional” e “respeitosa” condizente com a “posição e importância” de Lula. “Embora o financiamento do BNDES seja um importante diferencial na conquista de projetos internacionais, somente 7% da receita da Construtora Norberto Odebrecht é oriunda de projetos com esta estrutura de financiamento.”
Comentários Os comentários não representam a opinião do jornal;
a responsabilidade é do autor da mensagem.
 
jose
jose - 21 de Maio às 09:14
Claro que nao houve palestra nenhuma, a gente pode nao ser tão inteligente mas burro nao somos , Lula participa de eventos da construtora Odebrecht podem ver varias viagens que fez pro exterior de jatinho da Empresa alegando ter ido dar palestra na Empresa , oras, porque so a Odebrecht? Voces podem notar que esta Empresa deixou de trabalhar por aqui e foi pra cuba e em outros paises, ela tambem e denunciada na Lava Jato mas tem algum executivo preso? abram os olhos rapaziada voce ainda verão coisas inéditas, agora a CPI da Petrobrás desconfia que Janene pode estar vivo e nao morto como querem, se bem que Janene era um cara muito vivo,
 
waldir
waldir - 20 de Maio às 17:06
Ja passou da ora desse senhor ser preso, o que falta é coragem de algun juiz.
 
Carlos
Carlos - 20 de Maio às 14:19
AGORA DEPOIS DE TANTOS ANOS??? INÊS É MORTA...
 
alberto
alberto - 20 de Maio às 13:36
Já percebeu que desse PT não se colhe nenhum bom fruto. Só é sujeira nos quatro cantos do partido.
 
Jean
Jean - 20 de Maio às 10:55
Será que agora a coisa vai?