Servidoras da Câmara dos Deputados protestam contra "código de vestimenta"

Funcionárias foram trabalhar com lenços na cabeça e decotes, contra sugestão em análise pela Casa para restringir o uso de saias, chapéus e tênis

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.

postado em 09/09/2015 12:32 / atualizado em 09/09/2015 13:03

Jorge William / Ag. O Globo


A Câmara dos Deputados teve um decotaço promovido por servidoras no fim da manhã desta quarta-feira. O protesto em frente ao hall da taquigrafia tinha o intuito de protestar contra a proposta de criar um “código de vestimenta” na Casa, sugerida pela deputada federal Cristiane Brasil (PTB-RJ). Pelo projeto, seria vetados o uso de saias acima do joelho ou roupas com decotes acentuados. Camisas de clubes de futebol e chapéus também seriam proibidos.

O primeiro secretário da Câmara, Beto Mansur (PRB-SP), anunciou na semana passada que acataria a sugestão. Em protesto, as servidores foram hoje para o trabalho cobertas por um lenço na cabeça, de decote, enquanto os homens colocaram chapéus. As mulheres ainda gritaram o lema “cuide do seu decoro que eu cuido do meu decote”. O grupo disse que prepara novas manifestações.
Comentários Os comentários não representam a opinião do jornal;
a responsabilidade é do autor da mensagem.
 
Tolerancia
Tolerancia - 10 de Setembro às 09:58
Mesmo banindo as Roupas curtas, decotes, etc... a fama da Câmara de que lá as funcionárias (comissionadas) principalmente usam roupas PROVOCATIVAS não vai acabar nunca............
 
Edeilson
Edeilson - 09 de Setembro às 21:30
Esse mundo tá uma piada! Homem não pode ir de bermuda ou camiseta, mas como as mulheres (não todas) creem que tem direito a tudo, protestam por ser exigido o bom senso na hora de se vestir num local solene
 
marcia
marcia - 09 de Setembro às 19:54
bom senso. mas que este povo se veste mal para o ambiente de trabalho, isto ninguem pode negar.
 
língua
língua - 09 de Setembro às 18:08
Cada ocasião exige um tipo de roupa. Claro que a depender do local, não se precisa ser tão rígido, mas também não se pode ser tão flexível, porque se não algumas vão peladas. As pessoas perderam o bom senso em usar o tipo de roupa de acordo com a ocasião. Querem mostrar bundas, peitos, pernas em locais inadequados. Não se vai à praia de terno. Engraçado, querem que as respeite ao mostrarem bundas, pernas e peitos, mas ao usarem lenços e roupas que cobrem mais o corpo ficou evidente o desrespeito contra quem prefere usar lenços e roupas mais adequadas ao local.
 
patrick
patrick - 09 de Setembro às 17:58
Só quem não tem mesmo vergonha na cara pra protestar contra código de vestimenta.
 
Taíse
Taíse - 09 de Setembro às 17:39
E ainda precisa criar um código de vestimenta? Os servidores deveriam saber que decotes e saias curtas são inadequados para trabalho em qualquer local. Será que manifestar usando decote e fazendo referência a falta de decoro é o caminho correto? Creio que um erro não justifica o outro..
 
Lucas
Lucas - 09 de Setembro às 17:11
... Educação se ensina ainda no berço! É isso que acontece quando não se da educação ao seu filho(a), eles acham que os limites impostos se adequam apenas aos demais.
 
Edison
Edison - 09 de Setembro às 16:36
Imagino o que não é esta mocréia da deputada federal Cristiane Brasil (PTB-RJ). A inveja é uma merda! Com tantas prioridades em nossa sociedade, vamos priorizar isto. Algo de muito imoral deve estar ocorrendo em nossa Câmara! O que será!
 
Elói
Elói - 09 de Setembro às 16:16
Total falta do que fazer com o dinheiro público. Investir a preocupação com "vestimenta". Como se isso alterasse a produtividade. Precisam se preocupar com temas importantes, como REESTRUTURAÇÃO DA CARREIRA DA POLÍCIA CIVIL DO DF, que encontra-se sucateada.
 
marcos
marcos - 09 de Setembro às 16:13
Realmente é uma falta do que fazer elaborar decretos como este !! Com tanta coisa importante para se preocupar, estes vagabundos safados vem com esta nefasta e indecorosa proposta !! Vão se preocupar com o país, (que está uma porcaria) bando de desocupados !!
 
Antônio
Antônio - 09 de Setembro às 16:08
Sem noção! Os servidores da Câmara esqueceram que há uma relação de empregador/empregado ali? Na empresa onde trabalho há um código de conduta para vestimentas, por quê na Câmara não pode ter? Que bando de gente sem noção!!!!
 
EVANDRO
EVANDRO - 09 de Setembro às 14:30
Certissima a câmara, local de trabalho tem que ter decência e não indecência, pode vê que centenas de trabalhadores que a câmara tem, foi só uns gatos pingados que gostam de andar seminus em qualquer lugar, fazerem este protesto.
 
EVANDRO
EVANDRO - 09 de Setembro às 14:27
Este é o Brasil, dá sacanagem, da libertinagem, estão lutando para andar peladas? a tal de "familia" no brasil acabou faz tempo, daqui uns anos vão anda é nuas na rua, porque semi-nuas já andam.
 
MARCELO
MARCELO - 09 de Setembro às 14:09
Penso que a Câmara dos Deputados, até pelo que diz a própria Constituição, deveria ser um local com decoro, dos Deputados e Servidores.
 
Fernando
Fernando - 12 de Setembro às 10:46
O problema, e o esteriótipo do Brasileiro, sempre foi esse péssimo costume de achar que o estado vai se adequar a ele, e não ele ao estado. Cada lugar tem seu próprio praxe, só o ser humano desaculturado não respeita isso. Quero ver ir a um casamento de chinelo..