Temer é recebido com vaias no desfile de 7 de Setembro em Brasília

O peemedebista chegou em carro fechado, acompanhado da esposa Marcela e quebrou uma antiga tradição: não passou revista às tropas

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.

postado em 07/09/2016 09:43 / atualizado em 07/09/2016 10:40

Ed Alves/CB/DA Press

Mesmo com entrada restrita para convidados nas arquibancadas mais próximas da tribuna de honra no desfile de 7 de Setembro em Brasília, não foi possível abafar as vaias de protesto contra o presidente Michel Temer. O peemedebista chegou em carro fechado, acompanhado da esposa Marcela e quebrou uma antiga tradição: não passou revista às tropas. Ele foi recebido pelo governador do Distrito Federal, Rodrigo Rollemberg, e o ministro da Defesa, Raul Jungmann.

Assim que anunciado pela produção do evento, o presidente foi vaiado pela plateia. Durante a execução do Hino Nacional, as pessoas continuaram a entoar gritos de "Fora Temer" e "golpista" Um grupo de pessoas tentava, sem sucesso, abafar as vaias e gritava "Brasil pra frente, Temer presidente" em apoio ao peemedebista.



Leia mais notícias em Política

Os ministros de governo Eliseu Padilha (Casa Civil), Geddel Vieira Lima (Secretaria de Governo), Mendonça Filho (Educação), Bruno Araújo (Cidades) e Ricardo Barros (Saúde) estão em uma tribuna de honra. O presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia (DEM-RJ), também está presente. O presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), Ricardo Lewandowski, que presidiu o julgamento do impeachment, chegou por volta das 8h40.

Um dos nomes mais próximos de Michel Temer, o secretário executivo do Programa de Parcerias de Investimentos, Moreira Franco, também veio à Brasília. Os senadores Edison Lobão (PMDB-MA), Ataídes Oliveira (PSDB-TO) e Acir Gurgacz (PDT-RO) participam da cerimônia.

Protestos
Manifestações no  Museu da República também marcam o evento, no início da avenida principal onde ocorre o desfile de 7 de Setembro. A Polícia Militar estima que o trânsito na região do desfile seja reaberto às 14h. Policiais estão revistando mochilas do público para garantir a segurança.

Comentários Os comentários não representam a opinião do jornal;
a responsabilidade é do autor da mensagem.
 
Fernando
Fernando - 07 de Setembro às 11:16
Um presidente com medo do povo, as que ponto chegamos...E a madame de olhos fechados, com sono,